October 6, 2012 / 12:52 PM / in 5 years

Vettel conquista a pole para o GP do Japão

4 Min, DE LEITURA

Bicampeão mundial de Fórmula 1 Sebastian Vettel comemora ao conseguir, neste sábado, a pole position para o Grande Prêmio do Japão pelo quarto ano seguido, com seu companheiro de equipe na Red Bull, Mark Webber, completando a primeira fila. 06/10/2012Kim Kyung-Hoon

Por Alan Baldwin

SUZUKA, Japão (Reuters) - O bicampeão mundial de Fórmula 1 Sebastian Vettel conseguiu neste sábado a pole position para o Grande Prêmio do Japão pelo quarto ano seguido, com seu companheiro de equipe na Red Bull, Mark Webber, completando a primeira fila.

O líder do mundial, Fernando Alonso, da Ferrari, que tem 29 pontos de vantagem sobre Vettel com seis corridas para o fim da temporada, sairá na sexta posição, enquanto o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, alegrou a torcida local ao ficar em terceiro no treino classificatório.

Tanto Vettel quanto Alonso foram chamados pelos diretores de prova após o treino, e o alemão foi repreendido após ser acusado de atrapalhar o espanhol na última curva, nos últimos segundos do treino.

A volta de Vettel, que cravou 1min30s839, impediu que a McLaren conseguisse a sua quinta pole position seguida no campeonato.

Jenson Button perdeu cinco posições no grid de largada por trocar de câmbio, e sairá em oitavo, enquanto Lewis Hamilton será nono, à frente do brasileiro Felipe Massa. O francês Romain Grosjean sairá em quarto com a Lotus, à frente do mexicano Sérgio Pérez, da Sauber.

A 34ª pole da carreira de Vettel levou o piloto de 25 anos ao terceiro lugar em todos os tempos nesse quesito, atrás do heptacampeão e compatriota Michael Schumacher, com 68, e do brasileiro Ayrton Senna, com 65.

"Tivemos um treino classificatório muito tranquilo, quase perfeito", afirmou Vettel, que venceu duas das últimas três provas no circuito de Suzuka. "Eu não poderia pedir mais do que isso. O carro estava fantástico desde o início."

fúria De Alonso

Vettel também foi ajudado por Kimi Raikkonen, cuja Lotus derrapou no final do Q3 e causou uma bandeira amarela antes que todos os pilotos pudessem completar suas voltas rápidas.

"O que mais posso dizer, além de ficar furioso pela falta de sorte? As bandeiras amarelas vieram no pior momento possível, quando eu estava entrando na curva 14", disse Alonso, que sairá do Japão ainda líder.

"Até aquele momento, minha volta era ótima e havia muitas chances de fazer o quarto melhor tempo do dia, o que faria eu largar em terceiro."

Button, que venceu no Japão no ano passado, ficou em terceiro, mas sabia antes mesmo de entrar na pista que teria uma penalização após um problema ter sido detectado na caixa de câmbio do carro após o Grande Prêmio de Cingapura.

"É ruim ter essa penalização, mas hoje fomos bem", afirmou Button, que sairá ao lado de Raikkonen.

"É sempre legal pilotar aqui e foi muito divertido, mas não estamos rápidos o suficiente e não sei o que podemos fazer sobre isso."

O brasileiro Bruno Senna, que sairá em 16º, deixou o treino furioso depois que Jean-Eric Vergne o bloqueou no Q1. O francês tomou uma penalização de três posições, o que fez o brasileiro pular da 17ª para a 16ª colocação, mas o impediu de disputar o Q2.

"Ele destruiu a minha volta. Agora terei uma longa corrida amanhã e tomara que meus novos pneus me levem de volta aos pontos, mas é outro daqueles dias ruins", afirmou Bruno.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below