Hamilton critica Pérez e chama piloto mexicano de "louco"

domingo, 7 de outubro de 2012 11:26 BRT
 

SUZUKA, Japão, 7 Out (Reuters) - Lewis Hamilton acusou seu futuro substituto, Sergio Pérez, de dirigir como um "louco" neste domingo, quando os dois disputaram pontos no Grande Prêmio do Japão.

O mexicano Pérez, que trocará a Sauber pela McLaren na próxima temporada, quando o campeão de 2008 irá para a Mercedes, saiu da corrida na 18a de 53 voltas depois de girar enquanto tentava ultrapassar o britânico em uma curva fechada.

Pérez, que não tem chances de título, tinha deixado Hamilton para trás na sexta volta, situação invertida pela parada nos boxes.

"Achei que ele ia fazer uma manobra louca, o que ele fez", disse Hamilton, que terminou em quinto lugar.

"Depois (mais tarde), quando ele estava atrás de mim, percebi a mesma coisa, então fui mais para dentro, imaginando que ele iria me atacar por ali e que poderia impedi-lo, e ele voou pelo lado de fora. Muito interessante..."

Hamilton reduziu a diferença para Fernando Alonso, líder do campeonato, que saiu na primeira curva da primeira volta, e soma 42 pontos a cinco corridas do fim da temporada, mas sem alimentar ilusões sobre suas chances de título.

"Sou muito realista, conheço minha situação, mas as Red Bull serão difíceis de derrotar", declarou.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
Piloto de F1, Lewis Hamilton é visto nesta foto de 6 de outubro após coletiva de imprensa no Japão. Hamilton acusou seu futuro substituto, Sergio Pérez, de dirigir como um "louco" neste domingo, quando os dois disputaram pontos no Grande Prêmio do Japão. 06/10/2012 REUTERS/Kim Kyung-Hoon