8 de Outubro de 2012 / às 14:57 / 5 anos atrás

Lesão é descartada e Ronaldo vai se apresentar à seleção portuguesa

Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, faz careta após cair no chão durante a partida da primeira divisão espanhola contra o Barcelona. Ronaldo machucou o ombro esquerdo numa tentativa de bicicleta durante o segundo tempo do clássico de domingo contra o Barcelona, que terminou empatado em 2 x 2. Apesar de ter sentido um desconforto, ele continuou em campo até o final da partida. 07/10/2012Albert Gea

MADRI, 8 Out (Reuters) - A lesão sofrida por Cristiano Ronaldo no ombro não é grave e o atacante vai se apresentar à seleção portuguesa nesta segunda-feira, informou o Real Madrid.

Ronaldo machucou o ombro esquerdo numa tentativa de bicicleta durante o segundo tempo do clássico de domingo contra o Barcelona, que terminou empatado em 2 x 2. Apesar de ter sentido um desconforto, ele continuou em campo até o final da partida.

"O atacante do Real Madrid foi examinado pela equipe médica do clube na casa dele nesta manhã e uma lesão séria foi descartada, então não são necessários exames adicionais em um hospital", disse o Real em comunicado.

"O Real Madrid já informou à federação portuguesa de futebol sobre a situação de Cristiano Ronaldo e ele vai se apresentar à seleção em Obidos", acrescentou a nota do Real.

Ronaldo ficará em observação mas deve disputar as partidas das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 contra Rússia e Irlanda do Norte, na sexta e terça-feira, respectivamente, segundo o Real.

O atacante português teve mais uma atuação de gala contra o Barça, com dois gols marcados, e tornou-se o primeiro jogador a marcar em seis clássicos consecutivos contra o arquirrival do Real.

O atacante argentino do Barça Lionel Messi também marcou dois gols, em mais um capítulo da disputa entre os dois maiores astros do futebol mundial na atualidade.

Ronaldo, o jogador mais caro do mundo, aparentemente superou um período de tristeza vivido no início da temporada --nas próprias palavras do jogador-- em que ele se recusou a comemorar alguns gols. O motivo da "tristeza" nunca foi revelado por ele.

Reportagens na mídia local indicavam que Ronaldo queria um aumento de salário e estava considerado uma transferência do gigante espanhol para o Paris St Germain.

Reportagem de Iain Rogers

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below