Merecemos mais respeito, diz Schweinsteiger sobre a seleção alemã

terça-feira, 9 de outubro de 2012 20:49 BRT
 

BERLIM, 9 Out (Reuters) - O meio-campista Bastian Schweinsteiger exigiu mais respeito pela seleção alemã, depois de ela conseguir chegar consecutivamente pelo menos às semifinais em quatro torneios importantes.

Schweinsteiger, criticado por jogar na Eurocopa deste ano apesar de uma lesão sofrida na final da Liga dos Campeões, quando o seu Bayern de Munique perdeu do Chelsea, disse que o desempenho da equipe nacional tem sido satisfatório.

Chegar às semifinais na Eurocopa e na Copa do Mundo não deveria ser encarado como algo tão banal, disse o meia de contenção a jornalistas na terça-feira. "Não perdemos um só ponto nas eliminatórias, derrotamos times do ‘top 10' no nosso grupo, e aí perdemos um só jogo", afirmou.

"Acho uma pena, nem sempre é justo, mas é assim. Há outros times que têm metas, e nem sempre é fácil continuar ganhando", disse Schweinsteiger.

A Alemanha se classificou para a última Eurocopa com uma inédita série de dez vitórias em dez partidas. Após terminar a primeira fase com 100 por cento de aproveitamento, num grupo com Portugal, Holanda e Dinamarca, o time derrotou a Grécia nas quartas de final, chegando a 14 vitórias consecutivas em jogos oficiais.

"Não acho que tudo esteja ruim, não são tantos times que podem apresentar tais resultados. Acho que está faltando um pouco de respeito", disse Schweinsteiger. "Em lugar nenhum está escrito que vamos ganhar todos os jogos."

O jogador, de 28 anos, não disputou os dois primeiros jogos da Alemanha pelas eliminatórias para a Copa-14, mas será o capitão na sexta-feira, contra a Irlanda, quando Philipp Lahm estará suspenso.

(Por Karolos Grohmann)