14 de Outubro de 2012 / às 17:52 / 5 anos atrás

Del Bosque enfrenta desafio para escalar Espanha diante da França

Por Mark Elkington

MADRI, 14 Out (Reuters) - Saber quem deixar de fora parece ser o maior problema de Vicente del Bosque, técnico da seleção espanhola, às vésperas de sua eliminatória crucial com a França para a Copa do Mundo na terça-feira em Madri.

Os campeões mundiais e europeus contam com tal riqueza de talentos que seria compreensível se Del Bosque não soubesse qual é a escalação ideal para o embate com os co-líderes do Grupo I.

O treinador de 61 anos já fez mudanças para a eliminatória de sexta-feira com Belarus, surpreendendo ao convocar o meio-campista Sergio Busquets no centro da defesa e recompensando Santi Cazorla por seu desempenho impressionante desde que estreou no novo clube Arsenal dois meses atrás.

O time modificado arrebatou uma vitória por 4 a 0, na qual o enérgico Pedro armou o gol inaugural e fez os três seguintes, deixando para David Villa, maior artilheiro da Espanha de todos os tempos, uma participação nos 15 minutos finais. Fernando Torres foi poupado.

Andrés Iniesta deve voltar à escalação, assim como o zagueiro central original Raul Albiol, quando a Espanha for em busca de sua 25ª vitória consecutiva nas eliminatórias de um grande torneio.

"Temos sorte de ter tantos jogadores que se adaptam", disse Pedro, meia-atacante do Barcelona, em coletiva de imprensa neste domingo.

A Espanha, que derrotou a França por 2 a 0 nas quartas de final a caminho do triunfo na Euro 2012, lidera o Grupo I na diferença de gols, e as duas seleções venceram suas partidas de abertura.

Como só um país pode conquistar a classificação direta para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, a batalha entre os dois favoritos do grupo para evitar ter que se classificar nos playoffs já começou.

A França se preparou para o embate da pior maneira possível ao sofrer sua primeira derrota desde que Didier Deschamps assumiu no lugar de Laurent Blanc após a Euro 2012 - 1 a 0 em um amistoso com o Japão em casa na sexta-feira.

Mais uma vez, Karim Benzema, atacante do Real Madrid que só marcou 15 gols em 53 convocações para a França, saiu sem gols.

Com Abou Diaby e Rio Mavuba contundidos, Deschamps também terá que se virar sem suas primeiras opções de meia-atacantes defensivos.

Para agravar suas preocupações, Clément Chantôme, meio-campista do Paris St Germain em ótima forma, saiu de campo com uma lesão na virilha na sexta-feira.

Prováveis escalações:

Espanha: Iker Casillas; Álvaro Arbeloa, Sergio Ramos, Raul Albiol, Jordi Alba; Sergio Busquets, Xabi Alonso, Pedro, Xavi, Andrés Iniesta, Cesc Fabregas

França: Hugo Lloris; Mathieu Debuchy, Laurent Koscielny, Mamadou Sakho, Patrice Evra; Moussa Sissoko, Yohan Cabaye, Blaise Matuidi; Franck Ribery, Karim Benzema, Jérémy Ménez

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below