Valcke põe em dúvida Copa das Confederações em 6 cidades

terça-feira, 16 de outubro de 2012 12:30 BRT
 

BELO HORIZONTE, 16 Out (Reuters) - O secretário-geral da Fifa, Jeróme Valcke, colocou em dúvida, nesta terça-feira, a realização da Copa das Confederações de 2013 em seis cidades, conforme o planejado inicialmente, por causa do atraso nas obras de ao menos um estádio.

O estádio do Recife é o que mais preocupa entre as seis sedes previstas para a competição do ano que vem. De acordo com a Odebrecht Infraestrutura, responsável pela obra, 64 por cento da construção está concluída, a oito meses da Copa das Confederações.

"Neste momento, não estamos no nível de ter seis estádios prontos para a Copa das Confederações", disse Valcke em entrevista coletiva, ao lado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, após vistoriar as obras do Mineirão.

Ao lado de Fortaleza, Belo Horizonte é a sede com as obras nos estádios mais avançadas, com mais de 80 por cento de conclusão.

A Arena Pernambuco, que está sendo construída na Grande Recife, foi incluída pela Fifa como sede do torneio no ano que vem, que serve como preparatório para a Copa do Mundo de 2014, ao lado de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e Rio de Janeiro.

No entanto, a Fifa estabeleceu o mês de novembro como limite para a decisão final sobre o número de sedes, dependendo do andamento dos preparativos nas cidades. A federação inclusive preparou tabelas alternativas para realizar a competição também com quatro ou cinco sedes.

O ministro também não deu garantias de haver seis estádios prontos para a Copa das Confederações, mas nenhum dos dois citou estádios atrasados.

"Eu sou ainda mais rígido que o secretário-geral da Fifa. Nós não temos nenhum estádio pronto para a Copa das Confederações. Nós temos prazos. Aqueles que conseguirem cumprir os prazos, serão sede. Aqueles que não conseguirem cumprir, não serão sede da Copa das Confederações", disse o ministro do Esporte.

A Copa das Confederações vai de 15 a 30 de junho de 2013.

(Reportagem de Ana Flor)

 
O secretário-geral da Fifa Jeróme Valcke gesticula durante coletiva de imprensa em Zurique, em julho. Neste terça-feira, Valcke colocou em dúvida a realização da Copa das Confederações de 2013 em seis cidades, conforme o planejado inicialmente, por causa do atraso nas obras de ao menos um estádio. Foto de Arquivo. 05/07/2012 REUTERS/Michael Buholzer