20 de Outubro de 2012 / às 16:17 / em 5 anos

Mata marca dois na vitória do Chelsea sobre o Spurs

Juan Mata (esquerda), do Chelsea, marca gol contra o Tottenham Hotspur, neste sábado.

Por Martyn Herman

LONDRES, 20 Out (Reuters) - Dois gols de Juan Mata ajudaram o líder Chelsea a vencer por 4 x 2 o clássico londrino com o Tottenham no sábado e manter seu início invicto no campeonato inglês.

Mata, contratado ao Chelsea por Andre Villas Boas, arruinou as esperanças de seu antigo treinador de vencer o clube que o demitiu em março.

Um voleio de Gary Cahill deu ao Chelsea a vantagem no primeiro tempo mas o Tottenham recuperou as energias após o intervalo e os gols de William Gallas e Jermain Defoe viraram a partida para os anfitriões, que não perdiam um clássico em casa pelo campeonato inglês desde 2007.

Foi o gol de número 200 na carreira de Defoe mas isso acabou se tornando nota de rodapé após Mata tomar o papel central.

O meia espanhol puniu Gallas por afastar mal a bola aos 66 minutos e marcou outro para recolocar o Chelsea em vantagem.

O Tottenham teve chances de empatar mas Daniel Sturridge marcou o quarto do Chelsea nos acréscimos.

O campeão europeu tem agora 22 pontos em oito partidas, sete a mais que o Manchester United e o atual campeão Manchester City, que jogam contra Stoke City e West Bromwich, respectivamente.

O Tottenham, desfalcado do ala Gareth Bale, sofreu sua primeira derrota desde que perdeu para o Newcastle na abertura da temporada.

Nem mesmo nos tempos de Jose Mourinho o Chelsea teve um início tão produtivo e vitórias consecutivas fora de casa contra Arsenal e Tottenham -- ambos terminaram à frente na classificação na última temporada.

“Foram apenas dez ou doze minutos no início do segundo tempo quando o Tottenham voltou ao jogo, nós perdemos um pouco o controle, mas no restante do jogo nós tomamos a iniciativa,” disse Di Matteo, que não contou com o capitão John Terry suspenso, à Sky Sports.

“Foi um teste para nosso caráter hoje, vir aqui hoje contra um time em forma e com quatro vitórias consecutivas. foi um grande clássico para nós, especialmente após a parada pelas eliminatórias, sempre há um pontos de interrogação mas as respostas que demos foram perfeitas.”

Villas-Boas, que foi recebido calorosamente pelo banco do Chelsea antes do pontapé inicial, disse que foi um jogo cheio de emoção.

“Viemos forte no segundo tempo, cheio de desejo e ambição, mas eles nos superaram com brilho individual e criatividade,” disse o português.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below