Vettel precisa de 3 fins de semana perfeitos, diz chefe da Red Bull

segunda-feira, 29 de outubro de 2012 19:58 BRST
 

Por Alan Baldwin

NOVA DÉLHI, 29 Out (Reuters) - A temporada de Fórmula 1 que começou com sete vencedores diferentes nas primeiras sete corridas corre o risco de terminar com um piloto, Sebastian Vettel, da Red Bull, conquistando sete vitórias consecutivas.

O alemão de 25 anos já venceu quatro seguidas, na primeira vez em que o bicampeão fez isso em uma mesma temporada, e está animado em continuar o sucesso indiano de domingo com outro em Abu Dhabi na semana que vem.

O chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, no entanto, mantém o foco no número três - as três corridas remanescentes -, sem deixar que ninguém se distraia com as conversas sobre as sete.

"É fácil falar no fim e eu acho que se trata do que você faz na pista", disse ele quando questionado sobre os comentários feitos pelo piloto Fernando Alonso, da Ferrari, que disse que tinha certeza de que ainda pode conquistar o título.

Vettel está à frente de Alonso por 13 pontos. O espanhol chegou em segundo lugar na Índia no domingo.

"Todos podemos fazer previsões, mas...nosso foco está agora em Abu Dhabi, para extrair o máximo do carro, nos pilotos, na estratégia, na confiança de que podemos. Será uma questão de ter três fins de semana perfeitos", afirmou Horner.

O chefão, cuja equipe poderá abocanhar o título de construtores pelo terceiro ano consecutivo no domingo, está ciente de que qualquer recuo pode mudar o pêndulo para a direção completamente oposta na competição dos pilotos.

O início da temporada foi marcado por corridas imprevisíveis, com as equipes se adaptando aos pneus modificados da Pirelli e as mudanças no regulamento.

 
Pilo de Fórmula 1, Sebastian Vettel, comemora após vencer GP da Índia, em Greater Noida. A temporada de Fórmula 1 que começou com sete vencedores diferentes nas primeiras sete corridas corre o risco de terminar com Vettel, da Red Bull, conquistando sete vitórias consecutivas. 28/10/2012 REUTERS/Ahmad Masood