31 de Outubro de 2012 / às 18:43 / 5 anos atrás

ENTREVISTA-Não sou popstar nem salvador da pátria, diz Neymar

O atacante Neymar acena para fãs antes do treino em Santos, no litoral de São Paulo, nesta quarta-feira. 31/10/2012Paulo Whitaker

Por Tatiana Ramil

SANTOS, 31 Out (Reuters) - Assediado por fãs e patrocinadores, o atacante Neymar tenta se descolar dos rótulos de "popstar" e salvador da pátria. Aos 20 anos, o principal nome do futebol brasileiro para a Copa de 2014 quer dividir com todos os jogadores a responsabilidade de buscar o título mundial em casa.

"Não me sinto pesado, não me sinto a estrela. Todo mundo tem sua parte. Se tocarem a bola em mim e o outro não fizer uma movimentação, eu não vou conseguir driblar o cara. É um esporte coletivo", afirmou Neymar em entrevista à Reuters nesta quarta-feira, após treino do Santos no CT Rei Pelé.

"(A responsabilidade) é sempre dividida. Todo mundo tem sua parte dentro de campo. Um só não faz nada. (Na Copa) serão 23 jogadores aguerridos, buscando sempre a vitória... Vou ser mais um brasileiro lutando e buscando o título", completou.

Mas o atacante do Santos é, sim, a maior esperança brasileira para o Mundial. Ele é a referência do Brasil em campo.

Fora dele, Neymar também é astro. Tem 11 patrocinadores --que possibilitaram sua permanência no país apesar de propostas milionárias da Europa-- e protagoniza uma série de comerciais e eventos, que, segundo ele, não atrapalham seu rendimento nas partidas.

Neymar tem uma loja oficial, com centenas de produtos personalizados, desde brinquedos até almofadas com o rosto dele. No Twitter, o atacante possui quase 5,5 milhões de seguidores e seu corte de cabelo é imitado por garotos de todas as idades.

"Eu sei que copiam meu cabelo, o jeito, quase tudo, mas não me sinto um popstar. Fico feliz pelo carinho, porque eu fui fã, sou fã até hoje e sei como é gostar de um ídolo", disse ele, citando seu pai, também chamado Neymar, como exemplo a ser seguido.

Dentro das quarto linhas, o jogador tem como ídolos Robinho, Zinedine Zidane, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Kaká, com quem atuou na seleção pela primeira vez neste mês, nos amistosos contra Iraque e Japão. Os dois foram convocados também para o jogo de 14 de novembro, contra a Colômbia, nos Estados Unidos.

"Foi uma experiência maravilhosa, um grande jogador, uma grande pessoa. Já gostava dele de longe e, conhecendo a pessoa, fiquei mais fã ainda. O entrosamento foi bom, mas tem tudo para melhorar ainda mais."

EUROPA, UM SONHO

Neymar é o único brasileiro e o único jogador que não atuou na Europa em 2012 na lista de 23 finalistas para o prêmio Bola de Ouro de melhor jogador do ano da Fifa --o atacante Didier Drogba, atualmente no Shanghai Shenhua, da China, foi campeão da Liga dos Campeões pelo Chelsea este ano.

É a segunda vez seguida que o atacante do Santos está entre os 23 melhores. No ano passado, ele não ficou entre os três finalistas, mas levou o prêmio de gol mais bonito, pelo golaço marcado contra o Flamengo, numa arrancada em velocidade e com dribles, sua marca registrada.

"Estou muito feliz por estar entre os 23 mais uma vez. Me sinto muito honrado de estar representando o Brasil, mas na minha opinião o melhor do mundo hoje é o (Lionel) Messi", disse ele, sorrindo, acrescentando estar atrás também de Cristiano Ronaldo e "muitos" outros.

Neymar já recebeu proposta para atuar no Chelsea e houve sondagens de Barcelona e Real Madrid, mas ele optou por ficar no Santos até a Copa de 2014.

"Estou feliz aqui no Brasil, estou feliz no Santos. Tenho um sonho de jogar na Europa, mas ainda não é o momento certo", afirmou o atacante, que é o maior artilheiro do Santos após a 'Era Pelé' e o 15o da história do clube, com 119 gols.

Questionado se há possibilidade de permanecer no time paulista mesmo após o Mundial, ele respondeu: "Quem sabe? É sentar e conversar com o presidente."

"CRESCENTE MARAVILHOSA"

Neymar estreou no time profissional do Santos aos 17 anos, em 2009, quando foi eleito a revelação do Campeonato Paulista. No ano seguinte, o atacante ajudou o Santos a conquistar os títulos paulista e da Copa do Brasil.

Suas atuações empolgantes ao lado do meia Paulo Henrique Ganso levaram a torcida a pedir a convocação dos dois para a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. No entanto, o técnico Dunga rejeitou o clamor popular e os deixou no Brasil.

O ano de 2011 foi a confirmação de Neymar como um jogador decisivo. Com dribles desconcertantes e finalizações precisas, ele levou o Santos ao título da Copa Libertadores após 48 anos.

Vieram, então, as propostas de clubes europeus e inúmeras especulações de transferências. Para encerrar os boatos, Neymar anunciou em novembro do ano passado que assinou contrato para permanecer no Santos até 2014.

Na seleção, porém, Neymar ainda não brilhou como no Santos. Apesar de alguns bons jogos e 16 gols, o atacante acumulou fracassos nos dois principais torneios que disputou: caiu nas quartas de final da Copa América de 2011, diante do Paraguai, e perdeu a disputa da medalha de ouro para o México nos Jogos Olímpicos de Londres, este ano.

"Ficamos muito chateados pela Copa América. Na Olimpíada, muita gente ficou chateada, mas tenho certeza que não mais do que nós atletas. Tenho muito orgulho de ter disputado uma Olimpíada e conquistado uma medalha", declarou.

Nos últimos amistosos, a seleção melhorou, especialmente depois de atuar sem um jogador fixo dentro da área, e obteve goleadas contra China, Iraque e Japão.

"A seleção está numa crescente maravilhosa. A gente vem criando nossa identidade, o time está ficando mais confiante, mais entrosado. Daqui a pouco vai ter a nossa cara, nosso jeito brasileiro e as coisas vão acontecer", afirmou Neymar, que acompanha pouco os preparativos do Brasil fora de campo para a Copa de 2014.

"Estou tentando acompanhar um pouco, mas não foco nisso. Acho que depois da Copa o Brasil vai estar muito melhor nos estádios e estrutura", finalizou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below