Chelsea investiga acusação de torcedor racista

quinta-feira, 1 de novembro de 2012 12:26 BRST
 

LONDRES, 1 Nov (Reuters) - O Chelsea abriu uma investigação depois que um torcedor foi fotografado fazendo um aparente gesto racista durante a partida de quarta-feira contra o Manchester United, pela Copa da Liga da Inglaterra, informou o clube em um comunicado.

Fotos publicadas na internet mostram um homem supostamente fazendo uma imitação de macaco durante a vitória do Chelsea por 5 x 4, na prorrogação, no estádio Stamford Bridge em Londres.

"O Chelsea Football Club confirma que estamos investigando um incidente envolvendo um membro da torcida no jogo da última noite contra o Manchester United", informou o clube.

"O clube vai examinar todas as imagens disponíveis e pede a todos que possam identificar o indivíduo que entrem em contato com o clube. O Chelsea FC está comprometido a remover todas as formas de discriminação e se tivermos evidências suficientes, vamos tomar a ação mais forte possível, incluindo apoiar uma acusação criminal."

O incidente aconteceu três dias após partida entre os dois clubes pelo Campeonato Inglês, em que o Chelsea acusou o árbitro Mark Clattenburg de usar linguagem inadequada com o meia John Obi Mikel.

O sindicado dos jogadores da Inglaterra, Gordan Taylor, confirmou nesta semana que Clattenburg está sendo acusado de ter usado linguagem racista.

O capitão John Terry está atualmente cumprindo suspensão de quatro jogos por ofensas racistas contra o zagueiro do Queens Park Rangers Anton Ferdinand.

(Reportagem de Toby Davis)

 
Torcedor comemora gol de Javier Hernandez do Manchester United durante Copa da Liga da Inglaterra contra o Chelsea em Stamford Bridge, em Londres. Chelsea abriu uma investigação depois que um torcedor foi fotografado fazendo um aparente gesto racista durante a partida de quarta-feira contra o Manchester United. 31/10/2012 REUTERS/Suzanne Plunkett