Montezemolo exige mais da Ferrari para lutar pelo título

segunda-feira, 5 de novembro de 2012 19:09 BRST
 

5 Nov (Reuters) - O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, pediu mais de sua equipe de Fórmula 1 para ajudar o espanhol Fernando Alonso a derrotar o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, na luta pelo título a duas corridas do fim do campeonato.

Alonso está 10 pontos atrás do rival e a Ferrari terá 10 dias para se preparar para o que pode ser um decisivo Grande Prêmio dos Estados Unidos em Austin, Texas, antes da corrida final da temporada no Brasil.

"Quero entender por que os novos componentes que levamos para a pista somente melhoraram a performance do F2012 parcialmente", disse Montezemolo ao site da equipe após o Grande Prêmio de Abu Dhabi no domingo.

Alonso terminou a prova na segunda posição, mas suas esperanças de retomar a liderança do campeonato desapareceram quando Vettel saiu da última posição para terminar em terceiro.

Montezemolo elogiou Alonso por ter dado "120 por cento", mas acrescentou: "Está claro que precisamos fazer mais nas próximas corridas".

"É o que pedi hoje ao (diretor da equipe Stefano) Domenicali e à sua equipe. Temos 10 dias cruciais à frente, durante os quais temos que fazer de tudo para chegar ao Texas com um carro que possa lutar pela vitória."

"As palavras não servem para nada: Esta tem de ser nossa meta."

Alonso venceu três corridas nesta temporada, mas nenhuma desde o Grande Prêmio da Alemanha em junho. Antes de Abu Dhabi, Vettel venceu quatro corridas seguidas.

(Reportagem de Alan Baldwin)