Obstáculos russos não devem ser desculpa para Barça em Moscou, diz Fábregas

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 17:08 BRST
 

MOSCOU, 19 Nov (Reuters) - Um gramado artificial, temperaturas congelantes em Moscou e um treinador esperto que conhece todos os adversários muito bem são os obstáculos que estão entre o Barcelona, líder do Grupo G da Liga dos Campeões, e a classificação para as oitavas de final da competição europeia de clubes.

Os líderes do Campeonato Espanhol enfrentam o Spartak ainda na tentativa de se recuperarem da impressionante derrota por 2 x 1 diante do Celtic na última rodada do torneio e viajam à Rússia com todas suas principais armas para garantir que conseguirão a classificação para as oitavas de final.

"O campo artificial e a o frio não serão um problema ou uma desculpa", disse o meio-campista do Barça Cesc Fábregas em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

"Os times da Liga dos Campeões são sempre perigosos, e na Rússia é sempre difícil. Será um jogo complicado, mas não estamos pensando que vamos classificar se conseguirmos um ponto, queremos vencer", garantiu.

"Sempre jogamos da mesma maneira, e teremos de estar preparados para o que quer que eles façam contra nós."

O Barça tem nove pontos em quatro jogos, dois a mais que o Celtic, que está na segunda posição da chave. O Benfica está em terceiro com quatro pontos e o Spartak é o último com três pontos.

"Os times russos estão gastando muito dinheiro atualmente e recrutando bons jogadores ao redor do mundo, e eles fizeram um trabalho bastante bom no desenvolvimento das categorias de base", disse o técnico do Barcelona, Tito Vilanova.

"Eles têm bons jogadores e bons treinadores, e o clima é diferente também. No entanto, até agora as condições climáticas têm sido boas e já jogamos no frio recentemente", disse.

"Se você quer conquistar a Liga dos Campeões, tem de ser capaz de vencer qualquer um."   Continuação...

 
Técnico do Barcelona, Tito Vilanova, gesticula durante coletiva de imprensa antes de partida pela Liga dos Campeões contra o Spartak Moscow, em Moscou. Um gramado artificial, temperaturas congelantes em Moscou e um treinador esperto que conhece todos os adversários muito bem são os obstáculos que estão entre o Barcelona, líder do Grupo G da Liga dos Campeões, e a classificação para as oitavas de final da competição europeia de clubes. 19/11/2012 REUTERS/Maxim Shemetov