Fifa rejeita pedido especial de Drogba para ser emprestado

quinta-feira, 22 de novembro de 2012 17:55 BRST
 

22 Nov (Reuters) - A Fifa recusou o pedido do atacante da Costa do Marfim Didier Drogba, que solicitou uma permissão especial para deixar o time chinês Shanghai Shenhua por empréstimo antes da janela de transferências de janeiro.

"Qualquer jogador profissional que está registrado por um clube que é afiliado a uma associação não pode estar elegível para jogar por um clube afiliado a uma associação diferente", informou a Fifa em comunicado, citando suas regras de status e transferência de jogadores.

De acordo com as regras atuais, Drogba não pode defender outro clube até 1o de janeiro.

Com a liga chinesa já encerrada, o ex-atacante do Chelsea queria jogar em outro país para se manter em forma antes da Copa das Nações Africanas, que começa em janeiro.

O jogador, de 34 anos, foi jogar ao lado do ex-companheiro de ataque no Chelsea Nicolas Anelka em Xangai em junho, após assinar contrato de dois anos e meio com o clube.

Drogba marcou 8 gols em 11 jogos pelo time chinês, mas o Shenhua terminou apenas em 9o entre os 16 times da liga, 20 pontos atrás do campeão Guangzhou Evergrande.

A Costa do Marfim, que está invicta há 22 jogos, é favorita para conquistar a Copa das Nações Africanas, que será disputada na África do Sul de 19 de janeiro a 10 de fevereiro de 2013.

(Reportagem de Alastair Himmer em Tóquio)

 
Atacante da Costa do Marfim, Didier Drogba, é visto durante amistoso do país contra a Áustria em Liz, na Áustria. A Fifa recusou o pedido de Drogba, que solicitou uma permissão especial para deixar o time chinês Shanghai Shenhua por empréstimo antes da janela de transferências de janeiro. 14/11/2012 REUTERS/ Dominic Ebenbichler