Pedida demissão de diretora após escândalo sexual no tênis francês

sábado, 24 de novembro de 2012 17:00 BRST
 

24 Nov (Reuters) - PARIS, 24-nov (Reuters) - A Federação Francesa de Tênis (FFT) pedirá a Nathalie Tauziat que renuncie ao seu cargo no comitê diretor depois de declarar a favor do ex-selecionador Regis de Camaret, que foi condenado a oito anos de prisão na sexta-feira por abusar de jovens jogadoras.

"O comunicado de Nathalie Tauziat em juízo foi profundamente perturbador. Na segunda-feira se pedirá que ela se demita do comitê diretor", disse o diretor-geral da FFT, Gilbert Ysern, aos jornalistas neste sábado.

Tauziat, ex-número três do mundo que alcançou a final de Wimbledon em 1998, disse ao tribunal de Lyon que nada tinha visto quando De Camaret era treinador e que não acreditava nas acusadoras, especialmente sua ex-companheira de duplas Isabelle Demongeot.

De Camaret, agora com 70 anos, foi declarado culpado por abusar de duas jogadoras que na época tinham 12 e 13 anos.

Cerca de 20 de suas antigas pupilas lhe acusaram de abuso, tentativa de abuso ou carícias entre 1977 e 1989.

(Por Eric Salliot)