1 de Dezembro de 2012 / às 17:03 / 5 anos atrás

Beckham quer última participação na Liga dos Campeões

David Beckham assiste a jogo do Los Angeles Lakers em partida de basquete da NBA em Los Angeles, EUA. O astro inglês David Beckham planeja uma última aparição na Liga dos Campeões da Europa antes de pendurar as chuteiras e deixar o Los Angeles Galaxy, equipe que defendeu pelos últimos cinco anos e meio. 13/11/2012Lucy Nicholson

LONDRES, 1 Dez (Reuters) - O astro inglês David Beckham planeja uma última aparição na Liga dos Campeões da Europa antes de pendurar as chuteiras e deixar o Los Angeles Galaxy, equipe que defendeu pelos últimos cinco anos e meio.

"Quando voltei para o AC Milan, amei estar de volta à Liga dos Campeões", disse o jogador de 37 anos à imprensa britânica enquanto se preparava para seu último jogo pelo Galaxy.

"Ainda sinto falta de participar da Liga, são os jogos que você ama disputar. É lógico que eu gostaria de jogá-la novamente", acrescentou Beckham antes da final da Copa da MLS contra o Houston Dynamo.

"Veremos para onde vou depois. Se for uma equipe que está na Liga dos Campeões, então será bom estar de volta".

O ex-capitão da seleção inglesa admitiu que assistir Paul Scholes e Ryan Giggs, seus ex-companheiros no Manchester United, disputando a competição foi um incentivo a mais.

"É bom vê-los jogando até hoje pelo Manchester United", disse Beckham, que também já foi meio-campo do Real Madrid.

"Eles tiveram carreiras de sucesso por lá e vê-los jogando como jogam é ótimo. Tenho 37 anos, a mesma idade que 'Scholesy', embora 'Giggsy' seja ainda mais velho que eu.

"Eu e 'Scholesy' crescemos juntos e jogamos com 'Giggsy' e é excelente vê-los ainda jogando."

O futuro de Beckham pode estar na Liga francesa, em times como o Paris St. Germain e o Mônaco, entre outros, embora alguns minutos na equipe titular do badalado Paris St. Germain, dirigido pelo técnico Carlo Ancelotti, serão difíceis de conseguir.

"Meu plano é continuar jogando até quando eu puder", disse Beckham, provavelmente o atleta mais célebre do planeta. "Sei que quando 'Scholesy' saiu ele voltou e se arrependeu de ter parado. Quero continuar jogando enquanto minhas pernas aguentarem".

Beckham, que tem a opção de pegar uma participação como acionista em uma futura equipe de expansão da MLS, afirmou que o dinheiro jamais foi um fator decisivo em suas transferências entre clubes.

"Minha carreira nunca foi sobre dinheiro", insistiu Beckham, que tem patrimônio líquido de 260 milhões de dólares, de acordo com a Forbes. "Não sou motivado pelo dinheiro, só quero jogar pela melhor equipe, com os melhores jogadores. Sei que sentirei falta quando parar de jogar."

"Minha contusão no tendão de Aquiles, que me deixou parado por seis ou sete meses, me deu tempo para perceber como seria. Tive uma prova de como seria então e não gostei.

Se tornar proprietário ou sócio do LA Galaxy atrai mais a Beckham, que já foi seis vezes campeão inglês e uma vez campeão espanhol, do que se tornar treinador.

"Gostaria de ser proprietário por que não quero ser técnico", disse, dando uma pista de seu possível futuro como um embaixador para o Manchester United. "Amo jogar e treinar, mas gostaria mais de ser um proprietário".

Reportagem de Martyn Herman

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below