West bate Chelsea e Benitez completa três partidas sem vitória

sábado, 1 de dezembro de 2012 16:51 BRST
 

LONDRES, 1 Dez (Reuters) - O Chelsea foi derrotado de virada pelo também londrino West Ham por 3 a 1 no campeonato inglês neste sábado. Depois de liderar o placar no fim do primeiro tempo, a equipe viu o começo de Rafael Benitez no comando como técnico interino ir de mal a pior.

O espanhol Juan Mata abriu o placar e deu a vantagem merecida ao time de Benitez no primeiro tempo, mas os donos da casa reagiram bem com o ex-atacante do Chelsea Carlton Cole, pouco depois dos quinze minutos da segunda etapa. O West Ham virou e ampliou com Mohamed Diame e Modibo Maiga, que entraram ambos no decorrer da partida.

Desde a mal comentada decisão de demitir o técnico Roberto Di Matteo, que venceu a Liga dos Campeões da Europa e a FA Cup na última temporada, para substituí-lo com o ex-treinador do Liverpool Rafa Benitez, o Chelsea conseguiu conquistar apenas dois pontos e está ficando de fora da corrida pelo título inglês.

Benitez foi vaiado após o empate por 0 a 0 em casa contra o Manchester City no último domingo, seu primeiro jogo no comando, e na quarta-feira, depois de outro desempenho fraco, sua equipe empatou novamente por 0 a 0 contra os rivais londrinos do Fulham.

Faixas protestando contra a troca do técnico foram novamente vistos em Upton Park, mas pelos primeiros 45 minutos do jogo, o Chelsea estava no controle da partida, rumo à vitória.

No entanto, a boa fase só durou até o intervalo, e o Chelsea atingiu a marca de nenhuma vitória em sete jogos consecutivos na liga inglesa.

"Na primeira etapa poderíamos ter marcado dois ou três gols", disse Benitez, o primeiro técnico do Chelsea na era do magnata russo Roman Abramovich a não conseguir vencer nenhuma de suas primeiras três partidas, à Sky Sports.

"Mas no segundo tempo eles marcaram um primeiro gol polêmico e tudo mudou e eles foram para frente e não conseguimos administrar. Acho que devíamos ter feito melhor no segundo tempo".

"Precisamos de uma vitória. É simples", acrescentou Benitez.

(Reportagem de Martyn Herman)