Valencia demite treinador após goleada em casa no Espanhol

domingo, 2 de dezembro de 2012 15:01 BRST
 

MADRI, 2 Dez (Reuters) - O Valencia demitiu o técnico Mauricio Pellegrino após a derrota de 5 a 2 sofrida em casa no sábado ante a Real Sociedad, e que deixou a equipe valenciana na 12ª posição na tabela do Campeonato Espanhol e sob risco de não conquistar uma vaga em torneios europeus na próxima temporada.

O diretor de futebol do Valencia, Braulio Vázquez, declarou em coletiva de imprensa que o clube não tinha ainda o nome de um substituto para o treinador argentino, que assumiu o cargo no lugar de Unai Emery ao término da último temporada.

"Trocamos opiniões, debatemos e tomamos a decisão de demitir Pellegrino", anunciou o presidente do Valencia, Manuel Llorente. "Foi uma decisão difícil", completou.

"Se estamos assim, todos temos responsabilidade, começando por mim e passando pelos jogadores. Nosso objetivo é levar a equipe à Liga de Campeões (...). É mais fácil não tomar decisões, mas é nosso dever."

Ex-jogador do Valencia, Pellegrino conquistou a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões nesta temporada e a equipe ainda tem opções de ficar na liderança do grupo F, dependendo dos resultados das partidas da próxima semana.

(Reportagem de Iain Rogers)

 
Mauricio Pellegrino participa de coletiva de imprensa um dia antes de partida do Valencia contra o Bate Borisov pela Liga dos Campeões em Minsk, Bielorrússia. O Valencia demitiu o técnico Mauricio Pellegrino após a derrota de 5 a 2 sofrida em casa no sábado ante a Real Sociedad, e que deixou a equipe valenciana na 12ª posição na tabela do Campeonato Espanhol. 22/10/2012 REUTERS/Vasily Fedosenk