ENTREVISTA-Concafac faz planos ambiciosos para se reformular

domingo, 2 de dezembro de 2012 17:53 BRST
 

Por Brian Homewood

RIO DE JANEIRO, 2 Dez (Reuters) - A Concacaf, impulsionada pela vitória do México nos Jogos Olímpicos de Londres, está fazendo planos ambiciosos para expandir e desenvolver o futebol na região. A entidade quer começar do zero após o escândalo de corrupção do ano passado.

O secretário-geral, Enrique Sanz, acredita que a medalha de ouro do México no futebol masculino em agosto foi apenas o começo da nova fase administrativa para a Confederação, que representa América do Norte, América Central e Caribe.

"Esperamos ter quatro equipes da nossa região aqui no Brasil para a Copa do Mundo de 2014, e esperamos que uma delas leve o troféu", disse Sanz à Reuters em entrevista na conferência Soccerex.

"Estamos colocando nossas metas lá no alto, e essa é a imagem que queremos passar."

"Queremos que nossa confederação prepare nossas equipes para ir e vencer, seja na Copa do Mundo, na Copa das Confederações, no Campeonato Mundial de Clubes ou nos campeonatos sub-20, como aconteceu nas Olimpíadas."

A Concacaf também venceu o torneio olímpico feminino de futebol com os Estados Unidos, enquanto o Canadá ficou em terceiro lugar.

"Para nós, as Olimpíadas foram ótimas. Conseguimos 50 por cento das medalhas no futebol, duas medalhas de ouro, um bronze, e tivemos Honduras, que fez um ótimo torneio masculino", afirmou Sanz.

A Concacaf tem três vagas garantidas na Copa do Mundo e a equipe que termina em quarto nas eliminatórias regionais ainda tem chance de se classificar na disputa contra a equipe melhor classificada da Oceania.   Continuação...