Hamburgo impõe nova derrota ao Hoffenheim e protestos continuam

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 20:50 BRST
 

7 Dez (Reuters) - A decisão do Hoffenheim de demitir o técnico Markus Babbel não surtiu efeito imediato e o time sofreu a quinta derrota seguida no Campeonato Alemão nesta sexta-feira, 2 x 0 para o Hamburgo, no primeiro jogo do treinador interino Frank Kramer.

Artjoms Rudnevs marcou os dois gols da partida, na qual os torcedores fizeram o chamado "protesto 12:12", contra novas medidas de segurança propostas pela liga alemã.

Os torcedores permaneceram em silêncio pelos primeiros 12 minutos e 12 segundos antes de se agitarem. Eles fizeram contagem regressiva nos últimos segundos e então começaram a cantar e agitar bandeiras. Até então, o jogo estava em completo silêncio, e os gritos dos jogadores eram ouvidos.

Os protestos começaram no último fim de semana em vários jogos do Campeonato Alemão e continuarão até que os clubes se reúnam, na quarta-feira, para discutir as propostas.

O Hoffenheim, que demitiu Babbel na segunda-feira após nove meses no cargo, está em antepenúltimo lugar, com 12 pontos e 16 partidas.

O Hamburgo, que estava sem o holandês Rafael van der Vaart, machucado, subiu para a sexta colocação, com 24 pontos.