Sob comando de Benítez, Chelsea se une e volta a vencer

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 12:16 BRST
 

Por Alastair Himmer

YOKOHAMA, Japão, 14 Dez (Reuters) - Rafael Benítez levou quatro jogos para conseguir uma vitória à frente do Chelsea, mas o time agora parece estar se adaptando ao metódico treinador espanhol, e já soma três vitórias consecutivas, com 12 gols marcados.

Essa série positiva coincide com a recuperação de Fernando Torres, que marcou cinco gols em três jogos. A vitória de quinta-feira por 3 x 1 sobre o mexicano Monterrey, pela semifinal do Mundial de Clubes, foi mais um sinal do progresso do time inglês sob o comando de seu treinador interino.

"Melhoramos como time sob Benítez", disse Torres, que já havia trabalhado com o compatriota no Liverpool. "Estamos mais compactos e mais difíceis de quebrar. Acho que estamos melhores em todos os setor", acrescentou o atacante, falando a jornalistas em Yokohama.

Torres voltou a marcar no jogo da quinta-feira, mas Benítez se recusou a receber o crédito por sua recuperação. Os torcedores têm vaiado o treinador espanhol desde que ele substituiu o italiano Roberto di Matteo, em novembro, em grande parte por associá-lo ao rival Liverpool.

Mas o meia Frank Lampard disse que a torcida deveria ser mais paciente. "Obviamente, sabemos que a atmosfera é diferente", afirmou. "Talvez isso não nos ajude muito. Mas, como jogadores, temos de nos concentrar no nosso jogo, independentemente de qualquer coisa."

O Chelsea passa por uma fase delicada, depois de se tornar o primeiro time a ser eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões na temporada seguinte à conquista do título. Por isso, Lampard disse que uma vitória sobre o Corinthians na final do Mundial teria uma importância adicional.

Corinthians e Chelsea se enfrentam no domingo.

 
Frank Lampard, do Chelsea, cumprimenta técnico Rafael Benítez após semifinal contra o mexicano Monterrey no Mundial de Clubes em Yokohama, Japão. Benítez levou quatro jogos para conseguir uma vitória à frente do Chelsea, mas o time agora parece estar se adaptando ao metódico treinador espanhol, e já soma três vitórias consecutivas, com 12 gols marcados. 13/12/2012 REUTERS/Yuya Shino