Vitória da Inglaterra na Copa de 2014 não é impossível--técnico

domingo, 23 de dezembro de 2012 14:41 BRST
 

LONDRES, 23 Dez (Reuters) - Conquistar sua segunda Copa do Mundo no Brasil em 2014 não deve ser impossível para a Inglaterra, disse o técnico Roy Hodgson neste domingo.

"Estamos longe de sermos favoritos, mas você tem que fugir de 'impossível' no futebol", disse Hodgson à BBC.

Hodgson, contratado em 1o de maio em um contrato de quatro anos, usou a vitória do Chelsea na Liga dos Campeões como um exemplo de como o futebol é imprevisível.

"Há muitos eventos no futebol que você diria serem impossíveis, mas as pessoas os fizeram", disse ele.

"Não era provável que o Chelsea se tornasse campeão a Europa, especialmente tendo que mudar seu técnico no meio do campeonato, mas eles conseguiram. Isso vencendo o Barcelona e o Bayern de Munique --dois dos melhores times da Europa-- então eu gostaria de manter esse sonho vivo".

A Inglaterra chegou às quartas de final do campeonato europeu neste ano, mas perdeu nos pênaltis para a Itália e não foi capaz de ultrapassar as oitavas de final de um grande campeonato desde a Eurocopa de 1996, quando chegou às semifinais em sua terra-natal.

Os vencedores da Copa do Mundo de 1966 têm uma batalha em suas mãos para chegar ao Brasil, já que eles são o segundo colocado no Grupo H, dois pontos atrás de Montenegro após quatro jogos, e com seis partidas remanescentes em 2013.

Hodgson disse que, dada a quantidade de talento no país, ele está otimista sobre o futuro e espera que com tantos jogadores de alto padrão haverá maior competição.

"Temos muitos jogadores de qualidade -- você poderia listar 30 a 40 jogadores facilmente e acrescentar a esses alguns dos jovens jogadores que parecem ter um futuro brilhante a sua frente", disse ele.

(Reportagem de Tom Pilcher)

 
O técnico da Inglaterra, Roy Hodgson, assiste partida da seleção em Estocolmo, Suécia. 14/11/2012 REUTERS/Phil Noble