Quenianos fazem dobradinha na São Silvestre; brasileiro é 4o

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 12:11 BRST
 

SÃO PAULO, 31 Dez (Reuters) - O Quênia dominou a 88a edição da Corrida Internacional de São Silvestre, com a vitória de Edwin Kipsang e Maurine Kipchumba respectivamente nas provas masculina e feminina nesta segunda-feira.

O Brasil garantiu seu lugar no pódio com Giovani dos Santos, que terminou em quarto lugar a corrida realizada nesta manhã em São Paulo.

Com a vitória de Kipsang entre os homens, o Quênia chegou a 13 títulos da tradicional prova, dois a mais que o Brasil, encerrando um jejum que vinha desde 2009. Em 2010 a São Silvestre foi vencida pelo brasileiro Marilson Gomes dos Santos, e em 2011 pelo etíope Tariku Bekele.

Os quenianos dominaram a corrida desde o início e Kipsang mostrou um ritmo impressionante na subida da Avenida Brigadeiro Luis Antonio, desgarrando-se dos demais.

Kipsang cruzou a linha de chegada com o tempo de 44min05s, ficando à frente de seus compatriotas Joseph Aperumoi (44min14s) e Mark Korir (44min20s). Giovani dos Santos, campeão da Volta da Pampulha, terminou a corrida com 44min51s.

"Estou absolutamente feliz", disse Kipsang. "É um percurso muito difícil, com morro, e tentei me manter forte o tempo todo. Não esperava ganhar, mas agora quero voltar".

Na prova feminina, Maurine Kipchumba venceu com 51min42s, seguida por Jackline Juma Sakilu, da Tanzânia, com 52min11s; e pela queniana Rumokol Elizabeh Chepkanan, com 52min50s.

A melhor brasileira na prova foi Tatiele Roberta de Carvalho, em sexto, com 54mins10. A última brasileira a vencer a São Silvestre foi Lucélia Peres, em 2006.