Ambicioso, Lucas quer ser o melhor do mundo com o Paris St Germain

terça-feira, 1 de janeiro de 2013 17:21 BRST
 

PARIS, 1 Jan (Reuters) - Lucas quer um dia ser considerado o melhor jogador do mundo, disse o jovem meio-campista do Brasil após se reunir com seus companheiros da equipe do Paris St Germain (PSG) pela primeira vez nesta terça-feira.

Segundo informações da mídia, o PSG, patrocinado pelo Qatar, pagou 45 milhões de euros (59,3 milhões de dólares) pela excitante promessa em agosto, com um acordo de que ele chegaria em janeiro.

O contrato de cinco anos foi concluído nesta terça-feira após Lucas, que ajudou seu ex-clube São Paulo a conquistar a Copa Sul-Americana no mês passado, juntar-se aos líderes da Ligue 1 no campo de treinamento, no Qatar.

"Vou lutar para cumprir a meta de me tornar o número um. É o sonho de todos os jogadores brasileiros, por isso é meu (também)", disse o jogador de 20 anos de idade, em entrevista coletiva em Doha.

"Eu sei que os jogadores brasileiros fizeram história neste clube e espero fazer o mesmo", acrescentou Lucas, que comparou seu estilo ao do jogador do ano Lionel Messi, da Argentina.

O PSG tem a tradição de contratar jogadores brasileiros de qualidade superior, especialmente na década de 1990, quando o meia Rai e o zagueiro Ricardo ajudaram a conquistar seu último título francês, em 1994.

"Tenho conversado com Rai, que disse para eu me concentrar no meu jogo e aprender francês rapidamente", disse Lucas.

O diretor esportivo do PSG Leonardo também passou um ano como jogador no clube antes de ir para o Milan, em 1997.

(Por Gregory Blachier)

 
Jogador do Paris Saint-Germain, Lucas Moura, comparece a treino com o time em Doha, no Catar. Lucas quer um dia ser considerado o melhor jogador do mundo, disse o jovem meio-campista do Brasil após se reunir com seus companheiros da equipe do Paris St Germain (PSG) pela primeira vez nesta terça-feira em Doha, no Catar. 01/01/2013 REUTERS/Fadi Al-Assaad