Lazio e Tottenham sofrem processo disciplinar por incidentes na Liga Europa

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013 16:26 BRST
 

ZURIQUE, 7 Jan (Reuters) - A Lazio e o Tottenham Hotspur terão de enfrentar uma audiência em um comitê disciplinar por conta do comportamento de seus torcedores na partida entre as duas equipes na Liga Europa disputada em Roma, em novembro, informou a Uefa, entidade que dirige o futebol europeu, em comunicado nesta segunda-feira.

A Uefa disse que a equipe italiana foi acusada pelos cantos racistas de seus torcedores, por eles terem jogado foguetes no gramado e também porque a equipe chegou atrasada ao Stadio Olimpico. A partida, válida pelo Grupo J da competição europeia, terminou empatada em 0 x 0.

"As acusações relacionadas ao alegado comportamento racista dos torcedores da Lazio... Procedimentos também serão feitos contra a Lazio pelos torcedores terem jogado foguetes e/ou fogos de artifício, incidentes de natureza não-esportiva, chegada atrasada da equipe no estádio e entrega tardia da escalação", disse a Uefa.

"A Uefa também vai iniciar procedimento contra o Tottenham Hotspur FC, que enfrenta acusações relacionadas a distúrbios na torcida."

Um grupo de torcedores da Lazio gritaram "Juden Tottenham, Juden Tottenham" ("Judeus do Tottenham", em alemão) quando o jogo começou e soltaram uma faixa que afirmava "Free Palestine" ("Libertem a Palestina").

O Tottenham tem uma grande quantidade de fãs judeus, enquanto a Lazio tradicionalmente tem uma grande base de torcedores simpáticos à extrema direita.

Também aconteceram problemas na véspera da partida.

Dez torcedores do Tottenham ficaram feridos, um deles com gravidade, durante um ataque em Roma.

Os 10, nove britânicos e um norte-americano, foram atacados do lado de fora de um bar na região central da cidade por homens mascarados.

A Uefa multou a Lazio em 40 mil euros (51.300 dólares) por cantos racistas feitos contra jogadores negros na partida anterior contra o Tottenham, em Londres, em setembro.