Ecclestone espera fechar acordo para GP em Nuerburgring nesta semana

terça-feira, 8 de janeiro de 2013 16:30 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 8 Jan (Reuters) - O circuito de Nuerburgring deve receber o Grande Prêmio da Alemanha deste ano e um acordo pode ser alcançado nesta semana após novas negociações, disse o chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, nesta terça-feira.

O dirigente de 82 anos também disse à Reuters que o calendário, aprovado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) em novembro, teria 19 corridas em vez das 20 etapas disponíveis.

Pelo calendário, o GP da Alemanha será disputado no dia 7 de julho em um circuito ainda a ser definido e uma outra etapa na Europa, também sem a pista definida, deve ocorrer no dia 21 de julho. Essa etapa deveria ocorrer na Turquia, mas discussões monetárias paralisaram as negociações.

Os circuitos alemães de Nuerburgring e Hockenheim se alternaram como sedes dos GPs da Alemanha nos últimos anos, e seria a vez de Nuerburgring receber a prova neste ano. No entanto, os problemas financeiros do circuito geraram incertezas.

"Deve ser Nuerburgring e estamos tentando fazer acontecer", disse Ecclestone durante uma conversa por telefone. "Estou conversando com eles hoje."

O bilionário, que expandiu o calendário da Fórmula 1 para novos destinos distantes da Europa, onde a categoria começou, minimizou as sugestões de Hockenheim poderia sediar a prova.

A empresa Nuerburgribg GmbH, dona do circuito de mesmo nome, sofreu com problemas financeiros em meio a uma disputa com a operadora do circuito, a NAG, por conta de taxas de aluguel.

Autoridades estaduais estão sob pressão para que o circuito pague compensações depois que o Estado colocou milhões de euros em um parque de diversões inspirado nas corridas.

O circuito deve ser colocado em leilão ainda neste ano, mas o diretor-gerente de Nuerburgring, Thomas Schimidt, que gerencia a empresa em conjunto com um administrador de falências, disse à Reuters em novembro que chegou a um acordo com a NAG para realizar o planejamento para 2013, apesar das disputas.

A corrida é uma das que o tricampeão mundial Sebastian Vettel, que é alemão, disputa em casa. Ele ainda não venceu um GP em solo alemão. A Mercedes também disputa o GP em casa e terá neste ano o campeão mundial de 2008, o britânico Lewis Hamilton, como companheiro de equipe do alemão Nico Rosberg.