Maioria dos sócios do Real diz que Mourinho é ruim para imagem do clube

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 15:15 BRST
 

MADRI, 9 Jan (Reuters) - Quase dois terços dos sócios do Real Madrid acham que o técnico José Mourinho tem um impacto negativo sobre a imagem do clube espanhol, segundo uma pesquisa publicada pelo jornal de esportes Marca nesta quarta-feira.

Entre os 704 membros questionados por telefone ou no estádio, antes da partida de domingo contra o Real Sociedad, sobre se as ações e as declarações do técnico português eram danosas, 61,6 por cento responderam que sim, ante 33,1 por cento dizendo que não, disse o Marca.

Os sócios deram a seu desempenho como técnico desde que assumiu o posto em 2010 uma média de 6,68 entre 10, abaixo dos 8,82 de uma pesquisa similar feita em março de 2011, mas 54,4 por cento ainda acham que ele deve continuar nesta temporada, com 41,8 por cento dizendo que ele devia sair, acrescentou.

A pesquisa, feita pela empresa Sigma Dos, é o mais novo indício de problemas no Real, que está 16 pontos atrás do arquirrival Barcelona no Campeonato Espanhol e enfrenta uma possível eliminação da Copa do Rei contra o Celta Vigo, nesta quarta-feira.

Também é uma má notícia para o presidente Florentino Pérez, que vai tentar a reeleição neste ano e que deu a Mourinho poderes inéditos na esperança de que ele pudesse levar o clube a conquistas nas competições espanholas e europeias.

O estilo combativo de Mourinho e as insinuações de que sua equipe é prejudicada intencionalmente pelos árbitros são vistas como antiesportivas e não combinam com o que o Real enxerga como sua imagem tradicional de um clube cortês que é gracioso na vitória e na derrota.

Ele foi recentemente criticado por ter relegado o goleiro imensamente popular e capitão Iker Casillas ao banco de reservas por relatos de rixas de vestiário entre jogadores portugueses e espanhóis.

(Reportagem de Iain Rogers)