10 de Janeiro de 2013 / às 16:37 / 5 anos atrás

Cristiano Ronaldo defende Mourinho e pede apoio de torcedores

Jogador do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, comemora após marcar gol durante partida contrao Real Sociedad em Madri. O português apelou aos torcedores do Real para deixar o técnico José Mourinho em paz e apoiar a equipe depois de algumas partidas em casa nervosas, onde o treinador foi vaiado no Bernabeu. 06/01/2013Juan Medina

MADRI, 10 Jan (Reuters) - Cristiano Ronaldo apelou aos torcedores do Real Madrid para deixar o técnico José Mourinho em paz e apoiar a equipe depois de algumas partidas em casa nervosas, onde o treinador foi vaiado no Bernabeu.

O atacante português tem desviado a atenção de seu compatriota com atuações notáveis, marcando duas vezes contra o Real Sociedad pelo Campeonato Espanhol no domingo, e contra o Celta de Vigo pela Copa do Rei na quarta-feira.

O artilheiro do Real, com 174 gols em 172 jogos, que perdeu para Lionel Messi o prêmio de Melhor Jogador do Mundo na segunda-feira, está suspenso para o próximo jogo contra o Osasuna pelo Campeonato Espanhol, no sábado.

"Eu tenho que pedir que eles (os torcedores) parem com isso agora", disse Ronaldo a jornalistas após a vitória da equipe que garantiu vaga nas quartas-de-final da Copa do Rei contra o Valencia.

"O chefe vai ficar, ainda temos muito que podemos ganhar este ano. Ele está no comando e ele que toma as decisões, os torcedores e os jogadores devem ajudá-lo."

"As pessoas têm mostrado que estão descontentes, mas chega disso agora. Eles têm de apoiar o chefe e a equipe. Isso afeta os jogadores em campo. Se vencermos a Copa e a Liga dos Campeões, terá sido um bom ano."

O Real encontra dificuldades para repetir o ataque dinâmico que garantiu ao time o título da liga na última temporada e eles caíram 16 pontos atrás do arquirrival e líder Barcelona na classificação.

Os desempenhos inconsistentes combinados com o estilo de confronto de Mourinho indicam que ele pode sair, e a recente decisão de abrir mão do capitão e favorito dos torcedores Iker Casillas incomodou partes da base de suporte mais tradicional do Real.

Reportagem de Mark Elkington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below