Não há lugar melhor para ser treinador que a Inglaterra, diz Mourinho

terça-feira, 15 de janeiro de 2013 17:55 BRST
 

LONDRES, 15 Jan (Reuters) - O técnico do Real Madrid, José Mourinho, cujo cargo tem sido colocado em risco por conta do mau desempenho do time espanhol, disse que a Inglaterra é o melhor lugar para ser um treinador e que ele voltará a trabalhar no país um dia.

Mourinho, que é português, levou o Chelsea aos títulos ingleses de 2005 e 2006, primeiro título inglês do clube desde 1955 e seu gosto pelo futebol inglês não diminuiu, apesar de sua conturbada saída em 2007.

"Eu ainda era um técnico muito jovem quando saí de Portugal para ir para a Inglaterra. Não podia haver lugar melhor para ir", disse Mourinho durante conferência da League Managers Association no moderno complexo de treinamento da Inglaterra.

"Na Inglaterra você sente a paixão real pelo jogo. Sei que um dia eu vou voltar, porque o futebol inglês significa muito para mim", acrescentou.

O treinador de 49 anos tornou-se famoso em 2004, quando levou o Porto ao título da Liga dos Campeões.

Depois de seu período no Chelsea, ele voltou a conquistar a Liga dos Campeões com a Inter de Milão em 2010, mesmo ano em que conquistou o Campeonato Italiano e a Copa da Itália, numa rara tríplice coroa. Depois ele se mudou para a Espanha, onde conquistou o campeonato local em sua segunda temporada.

Mas com o Real Madrid 18 pontos atrás do líder Barcelona no Campeonato Espanhol, as especulações de que Mourinho pode deixar o clube têm crescido.

O nome do treinador vem sendo vinculado ao Paris St. Germain, da França, e ao Manchester United, onde ele iria substituir Alex Ferguson, há décadas à frente da equipe.

"Acho que todos os envolvidos no jogo deveriam experimentar o futebol inglês, porque é uma sensação especial. Você realmente desfruta de ser um profissional de futebol lá", disse.