Guardiola foi atraído pela imagem do Bayern, não por dinheiro

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 11:40 BRST
 

MUNIQUE, 17 Jan (Reuters) - O técnico Pep Guardiola, que vai assumir o Bayern de Munique na próxima temporada, foi convencido a aceitar a proposta do clube pela imagem do time alemão e não pelo dinheiro, disse o presidente-executivo do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, nesta terça-feira.

Guardiola, que está estudando alemão e vai continuar morando em Nova York por enquanto para não afetar o trabalho do atual treinador do Bayern, Jupp Heynckes, assinou um contrato de três anos com os tricampeões europeus.

"Dinheiro não era a questão para Guardiola", disse Rummenigge em uma concorrida entrevista coletiva. "Pudemos ver (durante a negociação) que Pep tinha afeição pelo Bayern e podia se ver trabalhando aqui", disse.

"Temos uma boa imagem e pudemos ver isso nas conversas com Guardiola", disse Rummenigge. "Ele gostou do pacote completo. Foi isso que colocamos na equação."

O ex-treinador do Barcelona Guardiola, que conquistou 14 títulos em quatro anos no time catalão antes de tirar um ano de férias em Nova York, estava na lista de desejos de praticamente todos os grandes clubes da Europa. Ele vai levar dois assistentes para trabalhar no Bayern.

O Bayern, há duas temporadas sem títulos, está na briga por três troféus nesta temporada e lidera o Campeonato Alemão com nove pontos de vantagem.

(Reportagem de Karolos Grohmann)

 
Foto de arquivo do ex-técnico do Barcelona Pep Guardiola durante coletiva de imprensa na Espanha. Guardiola, que vai assumir o Bayern de Munique na próxima temporada, foi convencido a aceitar a proposta do clube pela imagem do time alemão e não pelo dinheiro, disse o presidente-executivo do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, nesta terça-feira. 24/05/2012 REUTERS/Gustau Nacarino