Seleção do Congo faz greve às vésperas da Copa das Nações Africanas

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 10:56 BRST
 

JOHANESBURGO, 18 Jan (Reuters) - Jogadores da República Democrática do Congo estão se recusando a treinar, às vésperas da estreia na Copa das Nações Áfricanas, na África do Sul, por causa de divergências sobre os prêmios a serem pagos à equipe.

Além disso, uma rádio congolesa disse na quinta-feira que o técnico Claude Le Roy ameaçou deixar a equipe, algo que os dirigentes do Congo não confirmaram.

Eles admitiram, no entanto, que os atletas boicotaram os treinos pelo segundo dia consecutivo.

A seleção congolesa, que estreia no torneio no domingo contra Gana, chegou nesta semana a Port Elizabeth, já em meio à polêmica financeira.

Os atletas também se recusaram a tirar as fotos do credenciamento oficial.

(Reportagem de Mark Gleeson)