Serena saca bem e passa por Kirilenko no Aberto da Austrália

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 15:35 BRST
 

Por Greg Stutchbury

MELBOURNE, 21 Jan (Reuters) - A tenista norte-americana Serena Williams estava em sua melhor forma nesta segunda-feira ao se classificar para as quartas de final do Aberto da Austrália com uma vitória por 6-2 e 6-0 contra a russa Maria Kirilienko.

Serena, de 31 anos, não precisou fazer muita força para demolir a 14ª cabeça-de-chave do torneio em 57 minutos e enfrentará agora a jovem compatriota Sloane Stephens. Ainda assim, Serena sentiu que teve dificuldade para vencer a partida.

"Fiquei surpresa. Senti que Maria jogou realmente bem", disse ela a jornalistas. "Estava somente tentando jogar bem, manter o desempenho."

Kirilenko tentou uma estratégia de alto risco contra a norte-americana, mas a terceira cabeça-de-chave do torneio simplesmente a arrasou sem muita dificuldade.

Serena conseguiu seis aces contra apenas um de Kirilenko e seu saque mais rápido foi a 201 quilômetros por hora, enquanto o serviço mais veloz da russa foi a 171 quilômetros por hora, três quilômetros por hora a menos que a média de Serena.

O domínio de Serena em quadra manteve a tendência iniciada depois que ela torceu o tornozelo na partida pela primeira rodada contra a romena Edina Gallovits-Hall.

No ano passado, no Aberto da Austrália, Serena entrou no torneio com uma lesão séria no tornozelo e disse que isso contribuiu para sua eliminação naquela ocasião contra Ekaterina Makarova.

Neste ano, a norte-americana não está dando chances para o azar e sendo agressiva em todas as oportunidades que aparecem. Até agora, Serena perdeu somente oito games e ficou 4h12min em quadra, sendo que desse total 10 minutos foram recebendo tratamento médico na partida contra Gallovitts-Hall.

 
Tenista norte-americana Serena Williams comemora vitória sobre a russa Maria Kirilenko durante partida pelo Aberto da Austrália em Melbourne. Williams estava em sua melhor forma nesta segunda-feira ao se classificar para as quartas de final do Aberto com uma vitória por 6-2 e 6-0 contra Kirilienko. 21/01/2013 REUTERS/Damir Sagolj