Mourinho baixa a cabeça ao completar 50 anos

sábado, 26 de janeiro de 2013 17:27 BRST
 

MADRI, 26 Jan (Reuters) - O pressionado treinador do Real Madrid José Mourinho novamente optou por não falar com a imprensa ao comemorar seu aniversário de 50 anos neste sábado, mas recebeu um endosso enfático de um dos mais jovens atletas do elenco, Raphael Varane.

A cobertura jornalística dos campeões espanhóis nesta semana foi dominada por uma reportagem do diário esportivo Marca dizendo que os capitães Iker Casillas e Sergio Ramos teriam ameaçado deixar o clube junto com outros companheiros caso Mourinho não fosse demitido.

O presidente do Real Florentino Perez disse que o jornal estava mentindo e tentando desestabilizar o clube mas o Marca manteve a história, a última de uma série de reportagens que sugeriam que nem tudo estaria bem entre Mourinho e seus principais jogadores.

O combativo português vem sendo alvo de críticas nesta temporada por seu time estar 15 pontos atrás do líder do campeonato espanhol Barcelona.

O Real Madrid vai receber seu arquirrival na quarta-feira na primeira partida da semifinal da Copa do Rei.

Uma eliminação para o Manchester United nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões certamente poderia acabar com as esperanças de título do Real na temporada e aumentaria a pressão sobre Perez para substituir Mourinho, que veio do Inter de Milão em 2010.

Varane, zagueiro central francês de 19 anos do Real, foi mandado em lugar de Mourinho para a entrevista coletiva antes do jogo em casa contra o Getafe e disse que o treinador tem o apoio total dos jogadores.

"Estamos todos com o treinador, que é o melhor do mundo," disse Varane aos repórteres.

"A mídia tem sido dura com ele, mas ele está fazendo um bom trabalho e tudo isso não é necessário."   Continuação...