26 de Janeiro de 2013 / às 21:20 / em 5 anos

Redknapp revoltado com humilhação do QPR na Copa da Inglaterra

LONDRES, 26 Jan (Reuters) - Harry Redknapp estava “revoltado” após o seu time, o Queens Park Rangers, ser goleado em casa por 4 a 2 em casa pelo MK Dons, da terceira divisão, na quarta rodada da Copa de Inglaterra no sábado.

Redknapp fez nove mudanças em relação ao time que empatou em 1 a 1 com o West Ham pelo Campeonato Inglês no final de semana passado, poupando alguns de seus melhores jogadores para a luta contra o rebaixamento, mas o tiro saiu pela culatra e os visitantes abriram 4 a 0.

Os gols do ex-meia do Manchester United Fabio e de Jay Bothroyd evitaram a humilhação completa do lanterna do campeonato inglês, mas não das duras palavras de Redknapp.

“Foi amargamente decepcionante. Não há desculpa para sofrer quatro gols do MK Dons em casa hoje --é revoltante,” disse Redknapp, que conquistou a Copa da Inglaterra com o Portsmouth em 2008 e conduziu o Tottenham Hotspur às semifinais na última temporada.

Apesar de todas as mudanças, o QPR escalou jogadores experientes como Park Ji-sung e Anton Ferdinand.

Redknapp, cujo time está a cinco pontos de sair da zona de rebaixamento no campeonato, disse ter sublinhado seus medos a respeito do elenco herdado do demitido Mark Hughes.

“Eu joguei com os jogadores que não haviam jogado recentemente,” disse Redknapp. “O dia de hoje respondeu a várias perguntas.”

“Eu já sabia as respostas para essas questões mas algumas foram confirmadas.”

“Um monte deles vinham batendo em minha porta me dizendo que deveriam estar no time. Eu lhes dei a chance e este é o problema --nós não somos fortes o suficiente.”

“É por isso que eu estive por toda a Europa nas últimas duas semanas, tentando encontrar jogadores para reforçar o elenco,” acrescentou.

Enquanto Redknapp se afligia com seu elenco, o MK Dons, clube formado de maneira controversa a partir do Winbledon, campeão da Copa da Inglaterra de 1988, celebrou a classificação para a quinta rodada pela primeira vez na história após um gol contra de Armand Traore e outros de Ryan Lowe, Ryan Harley e Darren Potter, que abriram uma vantagem de 4 a 0.

(Reportagem de Martyn Herman; Editado por Alison Wildey)

mautargino@gmail.com

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below