Jogador do Peru é pego no antidoping em jogo das eliminatórias

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 14:17 BRST
 

BERNA, 28 Jan (Reuters) - Um jogador do Peru foi suspenso temporariamente depois de ser reprovado em um teste antidoping para o jogo classificatório para a Copa do Mundo contra a Bolívia, que aconteceu em outubro, informou a Fifa nesta segunda-feira.

A Fifa não identificou o jogador, porém a Federação de Futebol Peruana (FPF) disse no início do mês que o meio-campista Joel Sánchez havia testado positivo para a substância proibida methylhexaneamine.

O órgão mundial de futebol disse que o jogador, que inicialmente havia sido suspenso por 30 dias, tem até segunda-feira para pedir uma audiência e ele e a federação peruana têm até 6 de fevereiro para enviar uma declaração e evidências documentais.

"Em linha com... as regulações antidoping da Fifa, apenas depois de ser determinado em uma audiência que uma violação antidoping ocorreu, a Fifa pode informar publicamente sobre qual lei antidoping foi violada, o nome do jogador que cometeu a infração, a substância proibida e as consequências impostas", disse a Fifa em um comunicado.

A partida foi jogada em La Paz, na Bolívia, a uma altitude de 3.600 metros acima do nível do mar, que acabou com um empate de 1 a 1.

O presidente da FPF, Manuel Burga, disse em Lima no início do mês que a substância estava incluída em um suplemento que havia sido recomendado a Sánchez por um nutricionista.

"Esta é claramente uma situação acidental", afirmou.

Sánchez, de 23 anos, contou que estava tomando suplementos.

"Meu único pensamento era melhorar, e não ganhar uma vantagem injusta", acrescentou ele.

Sánchez joga no clube Universidad San Martin, de Lima.

(Reportagem de Brian Homewood)