Julio Grondona deixará presidência da AFA em 2015

terça-feira, 29 de janeiro de 2013 16:59 BRST
 

29 Jan (Reuters) - O dirigente Julio Grondona anunciou na terça-feira que irá deixar em 2015 a presidência da Associação de Futebol da Argentina (AFA), que ocupa há 36 anos.

O vice-presidente da Fifa, de 81 anos, amplamente criticado por sua gestão à frente do futebol argentino, não irá se candidatar a um novo mandato pela primeira vez desde que chegou ao cargo, em 1979.

"Tenho um mandato que termina em 2015, estou perfeitamente bem agora e devo prosseguir. Tenho uma posição importantíssima em nível internacional, e isso não irá se perder", disse Grondona, que enviuvou no ano passado, à Radio 10 da Argentina.

"Vou cumprir meu mandato, aí os mais jovens virão, a nova geração de dirigentes vai me substituir", disse Grondona, sob cujo comando a Argentina foi campeã mundial em 1986, seis vezes campeã sub-20 e duas vezes medalhista de ouro no futebol olímpico.