Real Madrid é o time que mais sofre com racismo, diz Callejón

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 19:04 BRST
 

MADRI, 1 Fev (Reuters) - Os jogadores do Real Madrid sofrem mais insultos racistas do que os de outros clubes, disse o meio-campista José Callejón na sexta-feira, reagindo às queixas do lateral brasileiro Daniel Alves, que disse ter escutado imitações de macacos durante a semifinal da Copa do Rei, na quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu.

Daniel Alves disse na quinta-feira que o caso espanhol é uma "guerra perdida" no combate ao racismo, e defendeu punições mais rigorosas para os clubes de torcedores que cometem esse tipo de insulto contra atletas de times adversários.

"O único clube que sofreu muitos insultos ao longo da sua história é o Real Madrid", disse Callejón numa entrevista coletiva, quando questionado sobre as declarações de Daniel Alves. "Sempre vamos jogar em estádios difíceis, e já houve jogadores, e ainda há jogadores, que estão sendo insultados por essa questão ", afirmou.

Um repórter da Reuters que estava na quarta-feira no estádio do Real Madrid confirmou que em vários momentos torcedores do Real dirigiram gritos de macaco ao brasileiro.

O árbitro não comentou esses incidentes na súmula.