Ex-meio-campo inglês Gascoigne corre risco de morte, diz agente

domingo, 3 de fevereiro de 2013 16:02 BRST
 

LONDRES, 3 Fev (Reuters) - Paul Gascoigne, ex-meio-campista da seleção inglesa, precisa de ajuda imediata, já que sua vida está em risco por causa do alcoolismo, disse seu agente neste domingo.

O ex-futebolista de 45 anos, que se tornou um herói nacional graças aos seus desempenhos e lágrimas quando a Inglaterra chegou à semifinal da Copa do Mundo de 1990, começou a tremer incontrolavelmente durante um evento beneficente na semana passada, e um vídeo circulou na mídia britânica.

"Ele não irá me agradecer por dizê-lo, mas ele precisa de ajuda imediatamente", afirmou o agente Terry Baker à rádio BBC.

"Seja lá o que aconteceu com ele nas cinco ou seis semanas desde que o vi pela última vez, antes do Natal, ele não está tão bem quanto estava. Sua vida está sempre em perigo porque ele é alcoólatra. Talvez ninguém possa salvá-lo... não sei, realmente não sei", disse.

O ex-jogador do Tottenham Hotspur e da Lazio recebeu tratamento por doença mental duas vezes em 2008 e luta contra o alcoolismo desde a época em que ainda jogava.

Baker disse que o colapso no evento beneficente ocorreu depois que um amigo de Gascoigne morreu segurando sua mão.

(Por Mark Meadows)

 
Foto de arquivo de Paul Gascoigne, ex-meio-campista da seleção inglesa, no Ibrox Stadium, em Glasgow. Gascoigne precisa de ajuda imediata, já que sua vida está em risco por causa do alcoolismo, disse seu agente neste domingo. 15/10/2011 REUTERS/Russell Cheyne