Equipes da Fórmula 1 estão prontas para testar novos carros

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 12:47 BRST
 

Por Alan Baldwin

JEREZ, Espanha, 4 Fev (Reuters) - O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, vai ter mais do que um momento de hesitação em atender o celular na terça-feira se a ligação for de Felipe Massa.

As lembranças do ano passado, quando o piloto brasileiro lhe telefonou da pista de testes de Jerez para dar suas primeiras impressões do novo carro da Ferrari no primeiro dia de testes, ainda são dolorosas, passados 12 meses.

"Presidente, é um desastre", era a essência da mensagem de Massa.

"Eu não gostaria que o meu pior inimigo recebesse um telefonema desses", disse Montezemolo, no lançamento do novo carro da equipe, o F138, em Maranello, na semana passada.

O F2012 nasceu feio e foi difícil lidar com ele, mas também se tornou um vencedor nas mãos do espanhol Fernando Alonso, que levou até o fim a batalha pelo título da Fórmula 1 com Sebastian Vettel, da Red Bull, na corrida no Brasil, em novembro.

Montezemolo apelidou o novo carro de "La Speranzosa" - tendo como sua maior esperança que o carro mostre ser competitivo já no primeiro dia e traga à escuderia seu primeiro campeonato desde o dos construtores, em 2008.

Alonso, um bicampeão à espera que o F138, muito mais bonito, o conduza a um terceiro título, não estará presente quando os carros tocarem a pista para o primeiro dos três testes da pré-temporada.

O espanhol só deve testar o carro em Barcelona em 19 de fevereiro. Caberá a Massa e ao piloto de teste espanhol Pedro de la Rosa fazerem o trabalho de configuração inicial.   Continuação...