Felipão diz que Ronaldinho precisa justificar convocação

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 19:59 BRST
 

Por Brian Homewood

LONDRES, 5 Fev (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari disse a Ronaldinho Gaúcho que ele precisará justificar sua convocação para a seleção brasileira, após um ano de ausência.

O meia-atacante, de 32 anos, vive uma fase de declínio na sua carreira, atribuída por muitos à sua vida baladeira, e nos últimos anos foi convocado apenas esporadicamente para a seleção - não jogou a Copa de 2010, por exemplo.

Sua última partida pela seleção foi há um ano, num amistoso contra a Bósnia sob o comando de Mano Menezes. Mano foi demitido em novembro e substituído por Felipão, que imediatamente reconvocou Ronaldinho.

"O Ronaldinho pode ter 32 anos, mas no ano passado ele fez um campeonato espetacular pelo Atlético Mineiro, onde foi o líder do time", disse Felipão, rouco, em entrevista coletiva na terça-feira no estádio Wembley, na véspera de um amistoso contra a Inglaterra.

"Ele tem qualidades de liderança e é suficientemente bom para jogar por vários anos. Ele vai me mostrar se estou certo ou errado por convocá-lo mais uma vez, e terá de mostrar com que rapidez é capaz de se integrar ao time."

O amistoso em Wembley será o primeiro compromisso de Felipão desde que reassumiu a seleção brasileira. Na passagem anterior - com Ronaldinho no time -, o Brasil se sagrou pentacampeão mundial, em 2002.

Desde então, Felipão levou Portugal à final da Eurocopa em 2004 e à semifinal da Copa do Mundo de 2006.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que essa será a centésima partida de Ronaldinho pela seleção, mas não esclareceu se isso inclui partidas contra clubes e combinados e pela seleção olímpica.   Continuação...