Fifa amplia punições por manipulação de resultados na Itália

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 18:27 BRT
 

27 Fev (Reuters) - A Fifa anunciou na quarta-feira que ampliou para nível mundial o afastamento de 70 jogadores e dirigentes da Itália por suspeita de envolvimento com manipulações de resultados no futebol. Quatro pessoas da Coreia do Sul também foram punidas.

Das 70 suspensões definidas pela Federação Italiana de Futebol, 11 são vitalícias. A Fifa disse que os atingidos tiveram "envolvimento direto ou omissão em relatar manipulação de resultados, apostas ilegais ou organização (formação de quadrilha) para atos de corrupção".

Nesta semana, a Fifa já havia anunciado que 58 jogadores e dirigentes do futebol chinês ficariam suspeitos mundialmente por causa de envolvimento com manipulações de resultados.

A entidade que controla o futebol mundial se mostra particularmente preocupada em reprimir a corrupção no futebol depois que a Europol (agência policial europeia) anunciou em 4 de fevereiro que 680 partidas estavam sob suspeita de terem sido manipuladas por uma quadrilha de Cingapura.

O futebol asiático foi atingido por um novo escândalo na quarta-feira, quando 24 jogadores do Líbano foram punidos devido à suspeita de manipulação em jogos internacionais e regionais.

(Por Toby Davis em Londres)