Receita com transmissão de futebol dispara na América Latina

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 14:14 BRT
 

28 Fev (Reuters) - A receita dos direitos de transmissão do futebol na televisão nas principais ligas da América Latina aumentou 56 por cento em 2012, superando a casa do bilhão de dólares, segundo um relatório sobre o setor.

Um estudo da Dataxis apontou que os direitos de TV para os jogos da primeira divisão na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru renderam 1,07 bilhão de dólares em uma região tradicionalmente não considerada como particularmente lucrativa no ramo de esportes.

Os direitos sobre o Campeonato Brasileiro valeram 610 milhões de dólares em 2012, quase 57 por cento do total na região, afirmou a Dataxis em um comunicado.

Quatro países, Brasil, Argentina, Chile e México, foram responsáveis por mais de 90 por cento do valor de 2012, disse o analista sênior da Dataxis Juan Pablo Conti à Reuters.

Conti, autor do relatório de 40 páginas chamado "Direitos de transmissão de futebol e canais de esportes da América Latina em 2013", indicou aumentos maiores no futuro, especialmente no México.

"O México é um caso particular, porque a Televisa e a TV Azteca compartilham o mercado de TV inteiro entre elas, então os preços não são tão altos. Mas isso vai mudar", disse.

Conti afirmou que "de acordo com as nossas estimativas, o governo argentino pagou cerca de 915 milhões de pesos (212,5 milhões de dólares) durante 2012 pelos direitos de transmissão dos torneios da primeira e segunda divisões" no programa estatal Futbol Para Todos. "Este valor não inclui os custos de produção", acrescentou.

Ele disse que houve um aumento de mais de 11 por cento na receita de transmissão de partidas no Chile de 2011 a 2012.

"Diferentes federações locais e associações de futebol profissional estão atualmente experimentando diferentes modelos de negócios para comercializar os direitos de transmissão na América Latina", disse Conti, no relatório.   Continuação...