Dinamarquês Bendtner ficará 6 meses fora da seleção por dirigir bêbado

segunda-feira, 4 de março de 2013 17:45 BRT
 

COPENHAGUE, 4 Mar (Reuters) - O atacante dinamarquês Nicklas Bendtner foi suspenso da seleção por seis meses, após ter sido preso por dirigir embriagado no sábado à noite.

Bendtner, que está emprestado do Arsenal para a Juventus, foi parado pela polícia depois de dirigir contra o tráfego no centro de Copenhague no sábado à noite. Um teste de álcool mostrou que ele estava bem acima do limite.

A Associação Dinamarquesa de Futebol decidiu nesta segunda-feira punir o atacante de 25 anos por seis meses e fez um apelo para que ele usasse o tempo para refletir sobre seu comportamento.

"A DBU (federação dinamarquesa) está satisfeita por ter tido um diálogo com ele sobre como ele se vê no futuro contribuindo positivamente para a seleção", informou a entidade.

Bendtner, que está machucado, expressou remorso e assumiu a responsabilidade em declarações divulgadas no Twitter, e depois divulgou nota prometendo voltar o mais rápido possível.

"Essa é a pior coisa que pode acontecer a um jogador de futebol. No entanto, gostaria de enfatizar que respeito inteiramente a decisão da DBU, e que vou trabalhar duro para voltar à seleção nacional, que eu amo, o mais rápido possível", disse ele.

(Reportagem de Johan Ahlander)