Valcke elogia Mineirão e diz que falhas na reabertura foram "positivas"

quarta-feira, 6 de março de 2013 18:30 BRT
 

6 Mar (Reuters) - O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, manifestou nesta quarta-feira satisfação com o estádio do Mineirão e disse que os problemas na partida de abertura foram normais e positivos, pois há tempo de corrigi-los para a Copa das Confederações.

"Algumas pessoas criticaram a operação do jogo de abertura, mas é absolutamente normal enfrentar desafios. Mais do que isso, problemas são bons para que tenhamos tempo para corrigi-los. O que foi visto por muitos como negativo, para a Fifa é encarado de maneira positiva", disse Valcke a jornalistas.

"Expressamos nossa preocupação quando o estádio não fica pronto a tempo de receber eventos-teste. Belo Horizonte foi perfeita e estamos satisfeitos por ter tantos eventos-teste", acrescentou o dirigente, segundo o site da Fifa.

O Mineirão foi o segundo estádio a ficar pronto para a Copa das Confederações, que acontece de 15 a 30 de junho, e para a Copa do Mundo de 2014 -- o primeiro foi o Castelão, em Fortaleza.

Após a reinauguração, em 21 de dezembro, o estádio teve sua primeira partida em 3 de fevereiro, com o clássico Cruzeiro x Atlético-MG. Neste jogo, aconteceram problemas de acesso, no estacionamento, nos bares e até falta de água, o que levou o governo de Minas Gerais a multar a empresa responsável pela operação do estádio em 1 milhão de reais.

As outras quatro arenas que receberão partidas da Copa das Confederações --nas cidades de Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Salvador-- serão entregues à Fifa até maio, com atraso em relação ao prazo acertado inicialmente com a entidade que controla o futebol mundial, de dezembro de 2012.

O Mineirão já sediou três jogos do Campeonato Mineiro e receberá a partida amistosa entre Brasil e Chile, em 24 de abril.

Valcke explicou em visita a Belo Horizonte que as "chaves" dos estádios são entregues à Fifa e ao Comitê Organizador Local (COL) 15 dias úteis antes do início do evento.

"Durante esse período, nossas equipes operacionais assumem o espaço, e contamos com o apoio do operador do estádio em algumas áreas diretamente ligadas à rotina do espaço, como manutenção e limpeza, por exemplo", disse o secretário-geral da Fifa, que realizou a inspeção acompanhado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e do ex-atacante Ronaldo, integrante do COL.   Continuação...

 
Secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, observa bola durante visita ao estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Valcke manifestou nesta quarta-feira satisfação com o estádio e disse que os problemas na partida de abertura foram normais e positivos, pois há tempo de corrigi-los para a Copa das Confederações. 06/03/2013 REUTERS/Washington Alves