7 de Março de 2013 / às 19:53 / em 4 anos

Após atrasos em estádios para 2013, Fifa aumenta alerta para Copa

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, participa de entrevista coletiva no Rio de Janeiro nesta quinta-feira.Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO, 7 Mar (Reuters) - Os atrasos nas obras dos estádios para a Copa das Confederações, que começa daqui a 100 dias e cuja maior dor de cabeça no momento é o Maracanã, deixam a Fifa em alerta, e a entidade já está preocupada em evitar a repetição desses problemas na preparação das cidades para a Copa do Mundo de 2014.

Segundo fontes do Comitê Organizador Local (COL) e do governo, o problema do atraso no Maracanã já foi contabilizado pela Fifa, que começou a cobrar autoridades e organizadores para que não ocorram novas demoras para o Mundial.

"O resumo da ópera dessas reuniões foi que a Fifa já começou a olhar para os prazos do Mundial. O receio é que os atrasos se repitam também na preparação para a Copa do Mundo", disse à Reuters nesta quinta-feira uma fonte que participou das reuniões com a Fifa nesta semana no Brasil.

A Fifa tinha estabelecido que todos os seis estádios da Copa das Confederações deveriam ser entregues até dezembro do ano passado, mas apenas dois - Mineirão (Belo Horizonte) e Castelão (Fortaleza) - ficaram prontos. O limite máximo passou a ser, então, meados de abril, mas o Maracanã, sede da final, vai exceder um pouco esse prazo e deverá ser entregue em 27 de abril.

Na sexta-feira, haverá uma reunião extraordinária entre Fifa, governo do Rio de Janeiro e consórcio responsável pela obra do Maracanã para conhecer detalhes sobre o ritmo da obra e saber em que condições o Maracanã será entregue à entidade no fim de abril.

Em vez de três eventos-teste no estádio, a Fifa fará no máximo dois antes da Copa das Confederações, que vai de 15 a 30 de junho. Para a Fifa, "não há plano B para o Maracanã", mas a entidade já admite receber no fim de abril um estádio incompleto.

"Esse é o ponto da reunião de amanhã, é saber o que será entregue ou se vai faltar algo (na entrega do Maracanã). Se vai ser entregue 100 por cento ou não", declarou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

O Brasil tem um amistoso programado com a Inglaterra, para o dia 2 de junho, no estádio do Maracanã.

Esta semana, um temporal alagou o estádio e complicou ainda mais as obras de modernização do Maracanã. A visita de inspeção que seria realizada na quarta-feira teve de ser cancelada. "O pessoal da Fifa está muito preocupado com o Maracanã e não podemos negar", afirmou uma alta fonte da organização do evento.

"Vai ser um sufoco. Vão ter que pisar fundo e ir a todo vapor. Mas, no final das contas, sempre dá", acrescentou outra fonte à Reuters.

O prazo de entrega das 12 arenas para a Copa do Mundo é dezembro deste ano.

O ex-atacante Ronaldo e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também deixaram no ar esse clima de preocupação antecipada com o Mundial do ano que vem.

"É muito importante respeitar os prazos dos estádios. Nos que estão prontos, tem ocorrido pequenos problemas e o tempo que resta é para fazer reparos. Por isso a gente insiste na entrega nos prazos determinados", afirmou Ronaldo.

O ministro acrescentou: "temos que cumprir prazos dos estádio, que é dezembro de 2013. Vamos fazer tudo para seja cumprido".

ESTÁDIO DE ABERTURA

Os problemas para 2014 não param por aí. Dois representantes da organização revelaram que outros problemas estão por vir na caminhada até 2014.

As autoridades brasileiras envolvidas no Mundial já admitem a necessidade de intervir em favor do Corinthians e do consórcio responsável pelo estádio de São Paulo, sede da abertura, para que a obra não corra o risco de ser paralisada.

"A dor de cabeça é essa agora. Vamos ter que entrar para ajudar o Corinthians", disse uma fonte à Reuters.

Segundo outra fonte, o problema estaria na apresentação de garantias financeiras para viabilizar os recursos necessários para a continuidade da obra. "Existe um problema de garantia a ser apresentada por exemplo ao BNDES há algum tempo e agora há uma pressão para ser resolvido", revelou a fonte, em condição de anonimato.

A arena de Brasília, que está sendo construída para a Copa das Confederações, também está com seu cronograma apertado, segundo um membro do COL. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende fazer o jogo de abertura do Campeonato Brasileiro, em 25 de maio, entre Flamengo e Santos, na arena. A partida seria um evento-teste da Fifa para a Copa das Confederações.

"Já fechamos com a Fifa e, mesmo com a preocupação que ainda existe, vai ser lá", revelou uma fonte brasileira.

Todos esses problemas emergiram numa data simbólica para a Fifa: 100 dias para a Copa das Confederações. O secretário-geral da Fifa admitiu que esperava chegar a esse momento com quase tudo pronto.

"Quem não sonharia com tudo pronto 100 dias antes? Gostaria de ter tudo, mas não é assim que funciona. A maioria das vezes é raro se fazer as coisas no prazo", avaliou.

INGRESSOS E CIGARRO

Se os estádios são um problema para a Copa das Confederações, a venda de ingressos é só satisfação para a Fifa.

A entidade acumula números recordes de venda. Segundo Valcke, já foram negociados antecipadamente 532 mil bilhetes para o evento deste ano. A carga de ingressos total é de 852 mil bilhetes.

"É a melhor Copa das Confederações com a venda e nunca se vendeu tanto", afirmou Valcke.

"Os brasileiros estão ansiosos, como mostra a venda de ingressos, e nós também. Mas até lá temos pela frente uma série de eventos-teste a serem realizados nos estádios, e que são essenciais para que torcedores, delegações e jornalistas tenham já em junho deste ano uma experiência incrível."

A Fifa anunciou nesta quinta-feira que será proibido o uso de cigarro durante os jogos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. O secretário-geral da Fifa afirmou que serão criadas aéreas especificas para fumantes nos estádios.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below