Após atrasos em estádios para 2013, Fifa aumenta alerta para Copa

quinta-feira, 7 de março de 2013 19:46 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 7 Mar (Reuters) - Os atrasos nas obras dos estádios para a Copa das Confederações, que começa daqui a 100 dias e cuja maior dor de cabeça no momento é o Maracanã, deixam a Fifa em alerta, e a entidade já está preocupada em evitar a repetição desses problemas na preparação das cidades para a Copa do Mundo de 2014.

Segundo fontes do Comitê Organizador Local (COL) e do governo, o problema do atraso no Maracanã já foi contabilizado pela Fifa, que começou a cobrar autoridades e organizadores para que não ocorram novas demoras para o Mundial.

"O resumo da ópera dessas reuniões foi que a Fifa já começou a olhar para os prazos do Mundial. O receio é que os atrasos se repitam também na preparação para a Copa do Mundo", disse à Reuters nesta quinta-feira uma fonte que participou das reuniões com a Fifa nesta semana no Brasil.

A Fifa tinha estabelecido que todos os seis estádios da Copa das Confederações deveriam ser entregues até dezembro do ano passado, mas apenas dois - Mineirão (Belo Horizonte) e Castelão (Fortaleza) - ficaram prontos. O limite máximo passou a ser, então, meados de abril, mas o Maracanã, sede da final, vai exceder um pouco esse prazo e deverá ser entregue em 27 de abril.

Na sexta-feira, haverá uma reunião extraordinária entre Fifa, governo do Rio de Janeiro e consórcio responsável pela obra do Maracanã para conhecer detalhes sobre o ritmo da obra e saber em que condições o Maracanã será entregue à entidade no fim de abril.

Em vez de três eventos-teste no estádio, a Fifa fará no máximo dois antes da Copa das Confederações, que vai de 15 a 30 de junho. Para a Fifa, "não há plano B para o Maracanã", mas a entidade já admite receber no fim de abril um estádio incompleto.

"Esse é o ponto da reunião de amanhã, é saber o que será entregue ou se vai faltar algo (na entrega do Maracanã). Se vai ser entregue 100 por cento ou não", declarou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

O Brasil tem um amistoso programado com a Inglaterra, para o dia 2 de junho, no estádio do Maracanã.

Esta semana, um temporal alagou o estádio e complicou ainda mais as obras de modernização do Maracanã. A visita de inspeção que seria realizada na quarta-feira teve de ser cancelada. "O pessoal da Fifa está muito preocupado com o Maracanã e não podemos negar", afirmou uma alta fonte da organização do evento.   Continuação...

 
O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, participa de entrevista coletiva no Rio de Janeiro nesta quinta-feira. REUTERS/Sergio Moraes