Ofensas a Benítez afetam jogadores, diz meia do Chelsea

segunda-feira, 11 de março de 2013 14:15 BRT
 

LONDRES, 11 Mar (Reuters) - O meia do Chelsea John Obi Mikel acredita que a negatividade dos torcedores está afetando os jogadores do clube inglês.

O técnico interino Rafael Benítez foi alvo de uma saraivada de críticas dos torcedores do Chelsea desde que caiu de paraquedas na função, após a demissão em novembro de Roberto Di Matteo, que tinha o apoio da torcida.

"Às vezes, não ajuda quando os torcedores não estão felizes. Quando você lança a bola para longe há pressão", disse o meio-campista Mikel, segundo o site do jornal Evening Standard, nesta segunda-feira.

"Este é o nosso trabalho. Os torcedores vêm assistir futebol e nós temos a responsabilidade de retribui-los e garantir que a gente jogue bem. Cada jogo tentamos fazer isso, às vezes funciona, às vezes não."

"Estou aqui há sete anos e eles (os torcedores) são fantásticos e sempre nos apoiaram até o fim. Espero que isso continue durante toda a temporada", acrescentou o nigeriano.

"Agora é quando nós mais precisamos deles. Vamos torcer para que todos nós possamos passar o resto da temporada juntos. Os torcedores do Chelsea sempre foram ótimos e eu sei que eles vão continuar a ser ótimos com os jogadores."

Benítez fez um apelo no final do mês passado aos torcedores pedindo apoio ao time e o fim das ofensas direcionadas a ele, mas os céticos elevaram a voz quando o Manchester United abriu vantagem de 2 x 0 contra o Chelsea na Copa da Inglaterra, no domingo.

A equipe londrina conseguiu um empate por 2 x 2, no Old Trafford e forçou uma repetição das quartas-de final, agora em seu estádio Stamford Bridge.

(Reportagem de Toby Davis)

 
Jogadores do Chelsea posam para foto antes da semifinal contra o clube mexicano Monterrey no Mundial de Clubes em Yokohama, no Japão, em dezembro de 2012. O meia do Chelsea John Obi Mikel acredita que a negatividade dos torcedores está afetando os jogadores do clube inglês. 13/12/2012 REUTERS/Toru Hanai