Na base da estratégia, Raikkonen vence o GP da Austrália

domingo, 17 de março de 2013 13:39 BRT
 

MELBOURNE, 17 Mar (Reuters) - Com uma brilhante estratégia, Kimi Raikkonen venceu o Grande Prêmio da Austrália, a primeira corrida da temporada 2013 da Fórmula 1, neste domingo em Albert Park.

O piloto da Lotus e campeão de 2007 fez apenas dois pit stops, deixou todos os rivais para trás e assinalou a volta mais rápida da corrida, cruzando a linha 12.4 segundos à frente do segundo colocado, Fernando Alonso da Ferrari.

"Foi provavelmente uma das minhas vitórias mais fáceis", disse o 'Homem de Gelo', com um semblante calmo e sereno mesmo após a 20ª vitória na carreira, que o fez igualar a marca de seu compatriota e bicampeão mundial Mika Hakkinen.

Já Sebastian Vettel, atrás do quarto título mundial consecutivo, conseguiu chegar ao pódio e terminar na terceira colocação, mesmo lidando com o desgaste nos pneus ao final da corrida.

O alemão de 25 anos da Red Bull se aproveitou da pole position e abriu vantagem na frente, mas as paradas para troca de pneus mudaram o rumo da corrida e as demais equipes tiraram proveito.

Com a disputa em aberto, os líderes revezavam na primeira colocação e a liderança da prova trocava de mãos com frequência. Sete carros chegaram a liderar a corrida em um momento ou outro, mas assim que Raikkonen assumiu a frente na volta de número 43 parecia que apenas um problema mecânico o deteria.

"Meu carro esteve ótimo durante a semana", disse o ex-piloto da Ferrari e da McLaren, que voltou à Fórmula 1 na última temporada após dois anos disputando rally.

"Na primeira corrida da temporada, tudo o que você deve fazer é sobreviver às primeiras voltas. Perto do fim da prova, eu ainda estava imprimindo um ritmo forte porque sabia que Fernando estava se aproximando e eu pensei em determinado momento que precisaríamos de algo a mais se a chuva voltasse."

"Estamos muito contentes com a vitória, mas sabemos que existe muito trabalho pela frente se quisermos ganhar o campeonato."   Continuação...

 
Piloto da Lotus Kimi Raikkonen, da Finlândia, comemora vitória no Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 no circuito de Albert Park, em Melbourne. 17/03/2013 REUTERS/Brandon Malone