March 20, 2013 / 8:39 PM / 4 years ago

Brasil terá Kaká no banco e três atacantes contra Itália

3 Min, DE LEITURA

NYON, Suíça 20 Mar (Reuters) - A seleção brasileira deverá enfrentar a Itália com três atacantes e Kaká no banco de reservas, mas o técnico Luiz Felipe Scolari confirmou nesta quarta-feira que o meia do Real Madrid entrará durante o amistoso e será titular contra a Rússia.

"Minha ideia é utilizá-lo durante o jogo contra a Itália e provavelmente vai começar jogando contra a Rússia (na segunda-feira). Acho importante observar o ambiente dele dentro do grupo e as características junto aos demais jogadores", disse Felipão em entrevista coletiva.

A partida de quinta-feira contra os italianos em Genebra, na Suíça, será a segunda de Felipão desde sua volta à seleção. Em sua reestreia, em fevereiro, o Brasil perdeu de 2 x 1 para a Inglaterra.

Naquele jogo, o treinador, campeão mundial na Copa de 2002, escalou Ronaldinho Gaúcho, que perdeu um pênalti, não foi bem e acabou substituído no intervalo. O meia do Atlético-MG deve ser convocado para enfrentar o Chile, em abril.

"E então vamos analisar se eles (Kaká e Ronaldinho) podem jogar juntos, se não podem jogar juntos, ou se um será escolhido, ou nenhum", disse o treinador.

O time titular do Brasil contra a Itália deverá ser formado por Julio Cesar, Daniel Alves, Dante, David Luiz e Filipe Luís; Fernando, Hernanes e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.

Durante o treinamento em Genebra, Felipão fez duas alterações: Thiago Silva no lugar de Dante e Luiz Gustavo no de Hernanes.

"Observei ontem três zagueiros e vi que não funciona. Se em algum momento eu resolver usar três zagueiros, será com o David Luiz à frente. Contra a Itália nossa ideia é jogar com três atacantes", declarou o técnico.

"Meus treinos de verdade serão os jogos. Estou tentando testar situações que possam dar resultado."

Uma certeza que Felipão tem é que ele usará um jogador de marcação à frente da zaga, abandonando o esquema com dois volantes mais soltos, Paulinho e Ramires, titulares contra a Inglaterra e que foram cortados do jogo com a Itália por causa de lesão.

O camisa 5 do Brasil será Fernando, do Grêmio.

"O Fernando ia ser titular independente da lesão de A, B ou C... eu acompanho o futebol dele e sei o quanto ele joga", disse Felipão, que achou que a zaga ficou muito exposta diante dos ingleses.

Após a derrota na estreia, o treinador destacou a importância de vencer os próximos jogos para reconquistar a torcida no país, que vai sediar a Copa das Confederações este ano e a Copa do Mundo de 2014.

"Eu disse aos meus jogadores que o desempenho de uma seleção é importante e o resultado desse jogo contra a Itália também é importante porque precisamos ganhar crédito no Brasil", afirmou Felipão.

Por Brian Homewood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below