21 de Março de 2013 / às 22:10 / em 4 anos

Brasil abre vantagem mas Itália busca empate em 2 x 2

21 Mar (Reuters) - A seleção brasileira empatou em 2 x 2 com a Itália em amistoso nesta quinta-feira, em Genebra, e segue sem vitórias nos dois jogos após a volta do técnico Luiz Felipe Scolari no comando da equipe.

Os brasileiros abriram 2 x 0 no primeiro tempo, com gols de Fred e Oscar, mesmo não tendo feito boa partida, e cederam o empate na segunda etapa, depois de dar muito espaço para os rivais.

"Acho que foi falta de entrosamento. Serve de aprendizado", disse o volante Fernando, escolhido pelo técnico brasileiro para proteger a zaga, depois de Felipão achar que o time ficou muito exposto na última partida.

Na reestreia de Felipão, em fevereiro, o Brasil perdeu por 2 x 1 para a Inglaterra. A equipe enfrenta na segunda-feira a Rússia, em Londres, em sua preparação para a Copa das Confederações, em junho.

Se o amistoso na Suíça não serviu para dar a primeira vitória com Felipão, campeão mundial em 2002, ao menos o time manteve um tabu. A última vitória da Itália sobre o Brasil foi na Copa de 1982, na Espanha. Desde então, foram três vitórias brasileiras e agora três empates.

O Brasil, no entanto, segue sem ganhar de uma seleção grande desde 2009.

A seleção brasileira entrou em campo em Genebra com Júlio César; Daniel Alves, David Luiz, Dante e Filipe Luís; Fernando, Hernanes e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

A Itália começou melhor a partida. Logo aos 2 minutos, Giaccherini driblou o capitão David Luiz pela esquerda e chutou. Júlio César espalmou para escanteio.

Os brasileiros responderam dois minutos depois num chute da entrada da área de Neymar que o goleiro Buffon defendeu.

A partir daí, os italianos tiveram as melhores chances. O atacante Balotelli teve duas boas oportunidades. Na primeira delas, ele chutou de primeira de perna esquerda e o goleiro brasileiro fez a defesa. Na outra, seu chute passou perto da trave.

Mas quem marcou foi o Brasil. Aos 33 minutos, Filipe Luís cruzou da esquerda e, após desvio da zaga italiana, a bola veio na segunda trave para Fred, que chutou de primeira para fazer 1 x 0.

Aos 38, Balotelli arriscou da entrada da área e Júlio César, fazendo sua segunda partida como titular desde o retorno de Felipão, fez nova defesa, sem muito esforço.

Ainda no primeiro tempo, os brasileiros reclamaram de pênalti em Hernanes, que tabelou com Neymar e recebeu um tranco dentro da área.

Neymar voltou a dar bom passe aos 42 minutos ao deixar Oscar na cara do gol. O meia do Chelsea empurrou para as redes com categoria: 2 x 0.

Mesmo com a vitória parcial, o goleiro Júlio César não aprovou a atuação: "No intervalo o Felipão vai falar com a gente, apontar os erros. É um time que está esperando".

No segundo tempo, a Itália cresceu e empatou o jogo em 12 minutos. No primeiro gol, De Rossi desviou uma cobrança de escanteio e logo depois Balotelli chutou da entrada da área para marcar.

Felipão, então, fez duas substituições: Kaká entrou na vaga de Oscar e Diego Costa na de Fred.

O Brasil teve chance de ampliar, mas Hulk pisou na bola ao receber bom passe de Neymar. E a Itália também desperdiçou chances, principalmente com Balotelli.

O próximo jogo do Brasil será na segunda-feira, contra a Rússia, em Londres.

Por Tatiana Ramil, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below