Catar diz que aceitaria fazer Copa de 2022 no inverno

sexta-feira, 22 de março de 2013 20:23 BRT
 

22 Mar (Reuters) - O Catar estaria disposto a realizar a Copa do Mundo de 2022 no inverno boreal, apesar de ter sido escolhida como sede propondo-se a fazer o torneio no seu escaldante verão, disseram organizadores locais na sexta-feira.

"Sempre reiteramos que nos candidatamos de acordo com os parâmetros de que receberíamos (a Copa) no verão de 2022", disse o comitê organizador em nota. "Várias figuras do mundo do futebol manifestaram a preferência por recebermos no inverno. Estamos prontos para receber a Copa do Mundo no verão ou no inverno. Nosso planejamento não é afetado de forma nenhuma."

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse na quinta-feira que eventuais mudanças nas datas deveriam partir do próprio Catar, onde as temperaturas podem superar os 40ºC nos meses de junho e julho.

No entanto, o secretário-geral da entidade que comanda o futebol mundial, Jérôme Valcke, disse neste mês que o torneio pode ser remarcado se pareceres médicos mostrarem que o calor intenso pode fazer mal aos jogadores.

O presidente da Uefa, Michel Platini, está entre os maiores opositores à realização da Copa no verão catariano.

(Reportagem de Alan Baldwin e Mike Collett)