Alpinista japonês octogenário quer ser o mais velho a escalar Everest

segunda-feira, 1 de abril de 2013 12:22 BRT
 

KATMANDU, 1 Abr (Reuters) - Um alpinista japonês de 80 anos que passou por quatro cirurgias cardíacas está se dirigindo para o Monte Everest para tentar a terceira subida do pico mais alto do mundo e se tornar a pessoa mais velha a chegar ao topo se ele conseguir.

Yuichiro Miura subiu ao cume de 8.850 metros da montanha em 2003 e 2008. Ele desceu de esqui o Everest de uma altitude de 8.000 metros em 1970.

Miura e uma equipe de nove pessoas vão subir a rota sudeste padrão, iniciada por Sir Edmund Hillary e Tenzing Norgay quando eles se tornaram as primeiras pessoas a chegar ao cume em maio de 1953.

"O recorde não é tão importante para mim", disse Miura à Reuters na capital do Nepal, Katmandu, antes de sair para a montanha. "É importante chegar ao topo."

O recorde da pessoa mais velha a subir a montanha é de Min Bahadur Sherchan, do Nepal, que atingiu o cume quando tinha 76 anos, em 2008.

Um médico especializado em doenças do coração está na equipe para ficar de olho na saúde de Miura. O grupo espera atingir o cume em maio.

Miura já esquiou as montanhas mais altas de cada um dos continentes, e está simplesmente seguindo a tradição familiar. Seu falecido pai, Keizo Miura, desceu de esqui o Mont Blanc da Europa aos 99 anos.

"Se você deseja fortemente, tem coragem e resistência, então você pode chegar ao topo do seu sonho", disse Miura.

Ele já tem um novo sonho: quer esquiar a Cho Oyu, sexta montanha mais alta do mundo, com 8.201 metros, também no Himalaia.   Continuação...